quarta-feira, 21 de junho de 2017

MOSTRA SESC DE CINEMA APRESENTA SELECIONADOS NA ETAPA ESTADUAL


Acontece nos próximos dias 29 e 30 de junho a MOSTRA SESC DE CINEMA no Audicine do Sesc Esplanada em Porto Velho às 20h com entrada franca onde serão exibidos os curtas metragens selecionados na etapa estadual: BANHO DE CAVALO, SINFONIA PARA O TEOTÔNIO, ¿DONDE ESTÁ SANCHO PANZA? e ‘[r]Existo!’. Serão 40 minutos de exibição seguidos dos debates: Curadoria e Produção com Simone Norberto e Marcela Bonfim no dia 29 e Produção Cinema Independente com Ariana Boaventura, Elizabete Christofoletti e Joeser Alvares no dia 30.

A mostra visa contribuir para a difusão e fortalecimento da produção artística audiovisual nacional que não chega ao circuito comercial de exibição, promovendo discussão e intercâmbio entre realizadores, público, estudantes e críticos. As mostras estaduais são compostas por obras inscritas e selecionadas pelo Sesc Nacional no período de 21 de novembro de 2016 a 15 de janeiro de 2017. O Sesc, além de premiar os selecionados com um contrato de licenciamento para exibição pública, certificou os destaques de melhor roteiro, filme, direção de fotografia, desenho de som, direção de arte, direção de elenco, montagem, atriz e ator.

“Nos apraz oportunizar aos realizadores cinematográficos a difusão de suas obras e isto contribui para a cultura brasileira e local uma vez que a proposta da mostra não é somente a exibição dos curtas mas também promover a discussão, o debate em torno destes trabalhos” observa Raniery Araujo Coelho, presidente do sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.


CURTAS SELECIONADOS PARA A MOSTRA

BANHO DE CAVALO 
Direção e Roteiro: Francis Madson e Michele Saraiva
Fotografia e Montagem: Michele Saraiva
Elenco: Ícaro Pimenta, Francis Madson, Denis Carvalho, Ruan Vianna e Cairo Vasconcelos
Sinopse: Banho de Cavalo é sucessão de micronarrativas poéticas sobre uma árvore (Castanheira), uma Amazônia, corpos e sujeitos como invenções de determinados pensamentos hiperbolizado da região.

SINFONIA PARA O TEOTÔNIO
Direção e Roteiro: Joesér Alvarez & Ariana Boaventura
Fotografia/Som/Edição: Joesér Alvarez
Gravuras: Frans Keller.
Sinopse:  Uma elegia ao fenômeno da piracema que ocorreu durante centenas de anos na localidade chamada de Cachoeira do Teotônio, hoje, sepultada sob as águas do lago da Hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira, Sul da Amazônia.

¿DONDE ESTÁ SANCHO PANZA?
Direção e Roteiro: Joesér Alvarez & Ariana Boaventura
Roteiro/Som/Edição: Joesér Alvarez
Trilha Sonora: DJ Magogh  Resample Guilhermo Aguirre Música “Dom Quijote”
Produção: ACME Filme
Sinopse:  Um insuspeitável andarilho personifica o cavaleiro da triste figura em busca de seu fiel escudeiro numa jornada cheia de idas e vindas. Uma versão moderna do Quijote de Cervantes.
[r]Existo!

Direção e Roteiro: Joesér Alvarez 
Roteiro: Elisabete Christofoletti e Nilson Santos
Música e Performance: “Sons de Beira” Bira Lourenço e Catatau Batera
Sample Musical: “The Forest” {RickWakeman] DJ Magogh
Sinopse:  Um registro artístico e documental de um projeto audiovisual multimídia low-tech baseado na última grande inundação do rio Madeira, no sudoeste da Amazônia e seu impacto na vida das comunidades ribeirinhas localizadas no entorno da cidade de Porto Velho.

DEBATES

29/06
CURADORIA E PRODUÇÃO
SIMONE NORBERTO
E MARCELA BONFIM
30/06
PRODUÇÃO CINEMA INDEPENDENTE  
ARIANA BOAVENTURA
ELIZABETE CHRISTOFOLETTI
JOESER ALVARES

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no link http://www.sesc.com.br/portal/site/mostradecinema

Comunicação Sesc

terça-feira, 13 de junho de 2017

15 de Junho - Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa


Neste dia 13 e amanhã 14 de junho o sistema Fecomércio – Sesc – Senac através da coordenação de Assistência do Sesc promove ação alusiva ao 15 de junho, Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2016 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção de Maus Tratos Contra Idosos (IMPEA). O objetivo é levar as pessoas à reflexão e conscientização com respeito a violação de direitos humanos desse seguimento da sociedade.

No Brasil são comuns as denúncias relacionadas à negligência de cuidados da pessoa idosa, violência psicológica e abuso financeiro. Entre os anos de 2011 a 2015, o Disque Direitos Humanos, coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), recebeu cerca de 100 mil denúncias de violação de direitos da população idosa. E apesar do grande avanço na defesa destes direitos ainda há muito a ser feito. Nesse contexto, visando atender esse seguimento da sociedade o Sesc, desde 1963, vem realizando atividades destinadas a diminuir o desamparo e a solidão dos comerciários aposentados e, a partir de então, revolucionou o trabalho de assistência social de atenção à pessoa idosa. Sua atuação se estendeu ao envelhecimento ativo numa época em que, no Brasil, os cuidados privilegiavam o atendimento asilar.

Dessa forma, com o intuito de chamar a sociedade para reflexão sobre os caminhos que devemos adotar no combate à violência contra os idosos o Sesc estará realizando um pit stop entre as avenidas Calama e Presidente Dutra incluindo a distribuição de folhetos educativos.


O presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac Raniery Araujo Coelho destacou que ‘é importante para a sociedade estar conscientizada sobre este problema que aflige o seguimento da terceira idade e um dos compromissos do Sesc é também o de levantar estas questões para reflexão a todos uma vez que o trabalho de acolhimento aos idosos faz parte das ações sociais da instituição.’


Comunicação Sesc

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Abertas as inscrições para a colônia ‘Brincando nas Férias’


Já estão abertas desde o dia 5 de junho as inscrições para a tradicional colônia de férias do Sesc o “Brincando nas Férias” - 38ª edição promovido pelo sistema Fecomércio-Sesc-Senac. Este ano o projeto acontece de 10 a 21 de julho no Sesc Campestre, situado à BR-364, Km 12, sentido Cuiabá no horário das 13h às 18h30.

Este ano o projeto com o apoio da Semed terá a participação de 300 crianças incluindo estudantes da rede pública de ensino na faixa etária entre 6 e 12 anos. A respeito da programação o coordenador de recreação do Sesc Tico Marinheiro explica que ‘a ideia para este ano é o resgate das brincadeiras populares entre as crianças’. Ele observa que é positivo ‘desconectar um pouco essa meninada que anda excessivamente ligada na internet e perde o legal das brincadeiras populares’. Seguindo esta linha o ‘Brincando’ terá em sua abertura a saudosa ‘Queimada’ e este será o tom de todo o projeto. As demais atividades programadas são: festival de brincadeiras populares, brincando com a água, trilha ecológica, brincando com a natureza, pintando o sete, oficina de dança, karaokê, contação de histórias e brincadeiras circenses. Dois destaques do projeto são: o City Tour na Embrapa, Polícia Ambiental e no Parque Natural de Porto Velho com acompanhamento de turismóloga e no dia 21 as festas Black e Arraiá, neste dia o período da colônia será integral. Ainda incluso na colônia haverá lanche, almoço, café da manhã (piquenique), camiseta Sesc e para garantir que a diversão seja segura e completa para as crianças um time de 30 recreadores capacitados acompanharão todas as atividades.

O presidente do sistema Fecomércio – Sesc – Senac – IFPE, Raniery Araujo Coelho destacou que “a ideia do projeto é fazer com que as crianças aproveitem ao máximo seu tempo livre nas férias com atividades que desenvolvam nelas hábitos salutares que contribuirão para sua formação como cidadão”.

Ficou interessado para seu pequeno participar? Basta ligar nas Centrais de Atendimento do Sesc nos fones (69)3229-6006/3221-2023/3221-2062, no celular 99979-1929 e pelo Whatsapp 99256-5895. O valor do pacote para comerciário é R$50 e para usuário R$80, vale lembrar que o pagamento pode ser feito à vista ou no cartão.


Comunicação Sesc RO
Contato: (69) 3229-6006 / ramais 208 e 220

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Alunos recebem intervenção cultural no mês de junho

O projeto do Sesc, Cultura na Escola, já está presente no calendário estudantil deste ano das escolas públicas de Porto Velho. Desde o mês de março, o Sesc vem promovendo atividades culturais, a fim de proporcionar aos alunos o contato e a troca de experiências com profissionais da área de literatura, música, cinema, artes cênicas e artes plásticas, através de ações como palestra, oficinas, contação de história, cinemas, entre outras. A cada mês é desenvolvido durante uma semana em cinco escolas uma programação com o objetivo de despertar o interesse cultural. 

Na edição do mês de junho, o projeto Cultura na Escola, continuará com a exposição de artes plásticas, Xilogravura/ Lirismo, da artista plástica Yolanda Carvalho. A artista utilizou uma técnica chinesa, para produção de cordéis, onde a sua base é uma madeira que serve como carimbo para reprodução de imagem em uma folha de papel. “A exposição faz parte da programação do Cultura na escola desde março e sempre desperta a curiosidade nos alunos pela a beleza e técnica que a artista utiliza para produção” Fala Simone Duarte, responsável pelo projeto. 

Paralelo a exposição o projeto promoverá uma contação de história para as crianças de 3 a 7 anos. Quem irá desenvolver a atividade será a artista Selma com a temática “Conte outra vez”, uma narrativa que busca aflorar o imaginário dos participantes, trazendo à tona a beleza e a magia de ser criança, através de sons, gestos, cantiga de roda e uma dinâmica que estimulam a leitura e o hábito de brincar. “Este trabalho lúdico de semear o encantamento através dos contos literários, tem como função atingir a todos, sejam eles adultos ou crianças, afinal, a contação de histórias proporciona a inclusão e a ludicidade brincante e literária, favorecendo o despertar pela beleza da cultura regional, naturalmente apresentada numa linguagem de simples compreensão com adaptações de clássicos da literatura infantil e juvenil”, explicou Selma Tavares. 

O Cultura na Escola será desenvolvido no período de 5 a 9 de junho, nas escolas: Escola Municipal Bom Princípio (5/06), Moisés Ferreira Neto (6/06), Eduardo Valverde (7/06), Portal do Amanhã (8/06)  e Escola Moranguinho (9/06). O projeto Cultura na Escola encerra em junho, voltando as atividades após as férias escolares. 

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Coco de Tebei encerra apresentações do Sonora Brasil no Sesc Esplanada

Grupo: Coco de Tebei

Iniciado no dia 30 de maio, o Sonora Brasil encerra a edição 2017, nesta sexta-feira (02). O projeto trará no último dia de apresentações o grupo ‘Coco de Tebei’, em show cultural, às 20h, no Teatro 1 do Sesc Esplanada em Porto Velho, com entrada gratuita. 

O grupo composto por agricultores e tecelões da comunidade Olho D’Agua do Bruno, na cidade Tacaratu, Pernambuco, pratica a expressão cultura denominada ‘coco’. Tebei é o nome dado ao coco cantado e dançado com a intenção de remeter ao trabalho de aplanar o chão de barro. O Coco de Tebei executa três gêneros musicais: o coco, a valsa e o rojão-de-roça, o primeiro tem a função de pisar a terra e o segundo alisar a superfície, o último, rojão-de-roça é um canto de trabalho que obedece a uma estrutura de pergunta e resposta.

A apresentação do dia 02, contará com base rítmica marcada pela pisada dos dançadores. Não contendo instrumentos, o som é produzindo somente pelo barulho da dança e o canto, remetendo à rituais indígenas, caracterizados basicamente pelo contraste entre as vozes femininas e o som seco da pisada no chão.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Grupo ‘Coco de Iguape’ abre segundo dia de apresentações do Sonora Brasil no Sesc Esplanada

Grupo: Coco de Iguape
A atração do Sonora Brasil desta quarta-feira, 31, é o grupo ‘Coco de Iguape’, no Teatro 1 do Sesc Esplanada em Porto Velho. O grupo apresentará uma performance musical variada, trazendo nas canções, traços da cultura nordestina. A apresentação iniciará às 20h e terá entrada gratuita para a população, os ingressos podem ser retirados 1h antes do início do espetáculo.

Este ano, o evento traz o tema ‘Na pisada dos cocos’ e terá como diferencial apresentações acústicas, com o intuito de valorizar a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes. Em 2017, os grupos participantes desta edição circularão por todos os estados do Norte e Nordeste do Brasil. A expectativa, é promover até o final do ano, cerca de 420 concertos de músicas regionais brasileiras em 108 cidades.

O Sonora Brasil, foi criado em 1998 e atualmente se encontra na 20ª edição. Tem como objetivo principal divulgar expressões musicais que se identifiquem com o desenvolvimento histórico da música brasileira. Durante os 19 anos de projeto, cerca de 5.319 apresentações de 80 grupos diferentes ocorreram em todo Brasil, alcançando em média 520 mil espectadores. 



segunda-feira, 29 de maio de 2017

Nesta Terça-feira inicia a programação do Sonora Brasil no Teatro 1


Consagrado como o maior projeto de circulação musical do país, o Sonora Brasil, foi criado em 1998, e já conta com sua 20ª edição. Desde sua criação, o Sonora Brasil já realizou 5.319 apresentações de 80 grupos, alcançando cerca de 520 mil espectadores. No editorial de 2017 ele se solidifica levando em seu DNA o trabalho de formação de novos ouvintes musicais, vez que permanece durante todas suas realizações trazendo no bojo principal de sua criação o incentivo de divulgação aos artistas que trabalham com músicas não comerciais, incidindo assim na valorização da cultura regional dos estados brasileiros.

A cada biênio o projeto aborda dois novos temas. Para 2017/2018, serão apresentados ‘Na pisada dos cocos’ e ‘Bandas de Música: formações e repertórios’, desenvolvidos com a participação de quatro grupos para cada tema. Em 2017, o tema ‘Na pisada dos cocos’ circulará pelos estados do Norte e Nordeste, e ‘Bandas de Música: formações e repertórios’ seguirá pelos estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste brasileiro. Até o fim de 2017, o projeto promoverá 420 concertos de música regional brasileira em 108 cidades, incluindo municípios fora dos grandes centros urbanos. Em 2018, ocorre a inversão das temáticas, e dos roteiros e Estados de apresentações, de forma que todos os grupos circulem pelas cinco regiões do país.


No regional de Rondônia o Sonora tem seu início no dia 30 de maio, na unidade Sesc Esplanada, com a apresentação do grupo Coco de Zambê - RN, e segue com Coco do Iguape - CE, (31), Samba de Pareia da Mussuca – SE, (01/06), e Coco de Tebei – PE, (02/06). Todas as apresentações serão essencialmente acústicas, valorizando a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes, de modo que os artistas apresentarão as variantes da musicalidade típica da região Nordeste (litoral e interior), nascida em aldeias indígenas e comunidades quilombolas, com canto, dança e música, acompanhados por instrumentos de percussão, como bumbo, ganzá, pandeiro, caixa. As apresentações terão seu início previsto para às 20h no Teatro 1 Sesc, localizado na unidade Sesc Esplanada. Os ingressos serão entregues 1h antes do início efetivo do evento, que será ofertado a comunidade de forma gratuita.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Dia do Desafio terá participação de 30 municípios rondonienses

Em 2017, o estado de Rondônia conta com a participação de 30 municípios na campanha mundial de mobilização a saúde e bem-estar, o Dia do Desafio. O objetivo é incentivar a quebra da rotina sedentária e estimular a população a praticar qualquer atividade física, por 15 minutos. O Dia do Desafio acontece há 22 anos no Brasil, sempre na última quarta-feira do mês de maio, este ano será no dia 31, e cada município desenvolverá uma programação de incentivo a atividade física que inicia às 0h encerrando às 20h.  

A ação acontece em forma de disputa saudável entre duas cidades de mesmo porte populacional em todo o continente americano como forma de incentivar a população a participar. O município que mobilizar mais pessoas em relação ao número oficial de habitantes, vence. Criado no Canadá, o evento é difundido mundialmente pela The Association For International Sport for All (TAFISA), entidade de promoção do esporte para todos de origem Alemã. O Brasil participa da ação desde 1995 sob orientação e coordenação do Sesc São Paulo. 

Em Rondônia o Sesc de Ji-Paraná coordena a ação que é realizada pelas prefeituras. Cada prefeitura por intermédio de suas secretarias de Esporte, Educação e Saúde, juntamente com órgãos municipais, associações, conselhos, sindicatos e ainda com ajuda de instituições privadas, irão desenvolver atividades para todas as idades, a fim de promover a ação e somar pontos para seu município. As prefeituras também são responsáveis por divulgar um meio de comunicação, para que a população possa registrar a sua participação.  

O registro é fundamental para contabilizar o total de participantes em cada cidade. Esse número é utilizado na apuração dos resultados da competição entre as cidades pela maior mobilização alcançada. O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves e o de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, já estão divulgando os telefones para que a população possa fazer o registro. Em Porto Velho os números são: 3901-3201, 3901-3202, 984728797 e contam as mensagens enviadas via whatsapp e os twitter que utilizarem a hashtag #DIADODESAFIOPVH, em Ji-paraná os telefones são: 3411-04242, 3421-1560 e 92498111(whatsapp). “Aproveito a oportunidade e convido toda a população rondoniense no dia 31 de maio a se mexer junto conosco”, fala Jesualdo. 

Em Porto Velho a prefeitura inicia a programação na quadra do Sesc Esplanada com aulões de ginástica, apresentação dos alunos da escola Dom Bosco e Banda da 17ª Brigada. Durante todo o dia atividades físicas serão desenvolvidas nas unidades do Sesc, presídio feminino, praças, escolas da rede pública de ensino e instituições privadas. O encerramento acontecerá no Parque da Cidade ao lado do Porto Velho Shopping.  A coordenação do evento irá disponibilizar instrutores de educação física para promover atividades esportivas. Os interessados deverão entrar em contato através dos telefones 69 3229-6006 ou 3229-5882, e fazer a solicitação antecipadamente. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Chá Literário é promovido por biblioteca do Sesc em Porto Velho

Com o objetivo de fomentar, divulgar e impulsionar a apreciação pela literatura, obras, escritores, autores e poetas, o Sistema Fecomércio através do Sesc irá promover no dia 25 de maio, a partir das 16h, na biblioteca do Sesc Centro, a primeira edição de um encontro bibliográfico, o Chá Literário, que conta com a participação do Professor Famir Apontes, que irá trabalhar a temática “A influência do Padre Antônio Vieira na constituição do pensamento contemporâneo”.

No Chá Literário os participantes poderão conhecer e debater assuntos como: pensamento barroco, baseado nas transformações sociais oriundas das manifestações artístico-literárias que tiveram sua ebulição nos anos de 1600 e 1700. Discutirão a visão do Padre Antônio Vieira e como esta temática é passada ao longo dos anos e sua influência no mundo contemporâneo. O Professor Famir Apontes, Possui graduação em Letras - Português/Inglês e suas respectivas Literaturas pela Universidade Federal de Rondônia (1991) e Mestrado em Linguística pela Fundação Universidade Federal de Rondônia (2005). Atualmente é professor de Língua Portuguesa e Literatura além de Coordenador do NEABI do Instituto Federal de Ciência, Educação e Tecnologia de Rondônia - IFRO, Campus Porto Velho.

O Chá literário é uma ação do projeto Sesc Apresenta – Literatura em parceria com a biblioteca do Sesc Centro, com intuito de promover a literatura e fomentar o gosto pela leitura. A unidade que é localizada na av. Presidente Dutra, centro de Porto Velho, possui um acervo de aproximadamente 8 mil títulos, além de revistas, gibis e jornais impressos para consulta local e empréstimos. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. “Temos hoje em Rondônia uma biblioteca fixa, duas unidades móveis e salas de leitura no Sesc Escola e unidades do Sesc Ler no interior do estado, nelas são desenvolvidas ações para todas as idades, a fim de incentivar a leitura, educação e a formação literária da população” explica Raniery Araújo Coelho, presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Exposição “Já fui Floresta” de José Medeiros, abre a programação do Sesc Amazônia das Artes

Sesc Amazônia das Artes em 2017 comemora 10 anos de realização. Este ano, a Mostra irá promover espetáculos de dança, teatro, música, literatura, cinema e artes visuais, um intercâmbio de atividades culturais que será promovido nos estados que compõem a Amazônia Legal e no Piauí.  A programação inicia no dia 20 de maio com a exposição fotográfica “Já fui Floresta” do artista Campo-Grandense, José Medeiros. A mostra ficará exposta no período de 20 a 30 de junho, com horário para visitação das 9h às 16h, na galeria do Sesc Centro, localizada na av. Presidente Dutra, no Centro da cidade. 

A exposição surgiu quando José Medeiros ainda trabalhava para uma revista no Mato Grosso do Sul, onde fazia fotorreportagem sobre os índios Guaranis no Parque Indígena do Xingu, lá o artista redescobriu um universo rico e complexo dos índios Ikpeng, esta riqueza virou oportunidade, vez que Medeiros ao trabalhar de fronte com a vida indígena encontrou o enquadro perfeito para suas fotos, e em contrapartida o mestre repassa seus conhecimentos de sua trajetória fotográfica aos seus novos alunos. Assim, não somente ensina os índios a fotografar, como defende os direitos com a valorização de atributos simbólicos ligados à própria imagem do índio e às raízes de sua cultura. Medeiros procura indagar sobre a cultura indígena e o lugar que lhe cabe na sociedade contemporânea. 

A exposição “Já fui Floresta” já passou por diversos países como Portugal, ganhou três prêmios, um do Instituto Internacional de Fotografia, em São Paulo e o outro no 10° Leica-Fotografe, o artista também foi premiado por trabalhos como ‘O Pantanal de José Medeiros’, um projeto que retrata 11 anos de pesquisa fotográfica focada na vivência do homem no Pantanal. José Medeiros nasceu em Campo Grande, mas, mora em Cuiabá desde 1996. Já trabalhou no Diário de Cuiabá, Diário da Serra, e na Folha de São Paulo como freelancer. Seus projetos englobam trabalhos com indígenas e também no Pantanal do Mato Grosso.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Sonora Brasil percorre o país com mais de 420 concertos


Realizado pelo Sesc, maior projeto nacional de circulação musical promoverá apresentações de bandas Musicais e grupos de Coco em 108 cidades

Rio de Janeiro, 17 de maio de 2017 – Criado em 1998, o Sonora Brasil tem no seu DNA o trabalho de formação de novos ouvintes musicais. Com o objetivo de divulgar artistas que trabalham com músicas não comerciais e valorizar a cultura regional, o Sonora inicia sua 20ª edição no dia 24 de maio, no Sesc Palladium, em Belo Horizonte (MG), com as apresentações dos grupos Samba de Pareia da Mussuca (SE) e Quinteto de Metais da UFBA (BA).

Consagrado como o maior projeto de circulação musical do país, a cada biênio o projeto aborda dois novos temas. Para 2017/2018, serão apresentados ‘Na pisada dos cocos’ e ‘Bandas de Música: formações e repertórios’, desenvolvidos com a participação de quatro grupos cada um. A seleção dos grupos e a definição das temáticas é feita por uma curadoria nacional, formada por profissionais do Sesc de todo o país. Até o fim de 2017, o projeto promoverá 420 concertos de música regional brasileira em 108 cidades, incluindo municípios fora dos grandes centros urbanos.

“O projeto busca despertar um olhar crítico sobre a produção e a difusão de expressões musicais identificadas com a história da música no Brasil. Todas as apresentações são essencialmente acústicas, valorizando a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes. A maioria dos espetáculos é gratuita, ou tem preços populares”, explica Sylvia Lima, técnica de Cultura do Sesc.

Em 2017, o tema ‘Na pisada dos cocos’ circulará pelos estados do Norte e Nordeste com os grupos Coco de Zambê (RN), Samba de Pareia da Mussuca (SE), Coco do Iguape (CE) e Coco de Tebei (PE). Os artistas apresentarão as variantes da musicalidade típica da região Nordeste (litoral e interior), nascida em aldeias indígenas e comunidades quilombolas, com canto, dança e música, acompanhados por instrumentos de percussão, como bumbo, ganzá, pandeiro, caixa.

O tema ‘Bandas de Música: formações e repertórios’ seguirá pelos estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste brasileiro. Quatro formações distintas de bandas foram selecionadas: três representando os grupos tradicionais de ruas e praças e um representando o segmento da música de concerto, com repertório inspirado na sonoridade das bandas. São eles: Corporação Musical Cemadipe (GO), ABandinha (AM), Sociedade Musical União Josefense (SC) e Quinteto de Metais da UFBA (BA). Em 2018 os grupos invertem os roteiros e Estados de apresentações, de forma que todos circulem pelas cinco regiões do país.

Desde sua criação, o Sonora Brasil já realizou 5.319 apresentações de 80 grupos, alcançando cerca de 520 mil espectadores.

SERVIÇO: LANÇAMENTO NACIONAL DA NOVA TEMPORADA DO CIRCUITO SONORA BRASIL 
Data: 24/05/2017
Horário: 20h
Local: Teatro Sesc Palladium
Endereço: Rua Rio de Janeiro, 146 – Centro – Belo Horizonte (MG)

Fonte: Departamento Nacional do Sesc

segunda-feira, 15 de maio de 2017

11ª Edição da Mostra de Cinema e Direitos Humanos começa dia 16 de maio, em Porto Velho

Porto Velho será mais uma vez contemplada com a Mostra de Cinema e Direitos Humanos, evento cultural nacional que acontecerá na capital de 16 a 20 de maio, no teatro 1 do Sesc.

É a décima primeira Edição da Mostra, uma realização do Ministério de Direitos Humanos, com produção nacional do Instituto Cultura em Movimento – ICEM, produção local do CineOca, e patrocínio da Petrobras e do Itaú. A Mostra será realizada nas 26 capitais do país e no Distrito Federal, em centros culturais, instituições públicas e privadas e escolas.

Criada em 2006, como uma das ações estratégicas da Secretaria Especial de Direitos Humanos para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, a Mostra Cinema e Direitos Humanos foi expandida ao longo dos últimos 10 anos, alcançando a América do Sul, Hemisfério Sul, e o Mundo, além de contar, pelo quarto ano consecutivo, com cerca de 1.000 pontos de difusão pelo país, assumindo assim um caráter descentralizador e democrático.

A Mostra é uma das estratégias do Governo Federal para consolidação da cultura e da educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

A Mostra conta com diversos e preciosos apoios locais: Sesc/RO, Universidade Federal de Rondônia- Unir, Eletrobras-Eletronorte, Governo de Rondônia por meio da Secretaria de Ação Social - Seas; Tribunal de Justiça de Rondônia, Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria de Assistência Social e da Família, Semasf e Fundação Cultural do Município- Funcultural e OAB.


Programação

Nesta 11ª Edição a Mostra de Cinema e Direitos Humanos terá no circuito principal 29 filmes entre curtas, médias e longas-metragens, divididos em três mostras: Panorama, Temática – que abordará questões de gênero, e Homenagem – com foco na obra da cineasta Laís Bodansky. Uma novidade este ano é a Mostrinha, voltada para o público infanto-juvenil e que exibirá outros 8 curtas-metragens.

A expectativa é receber um público de mais de 30 mil pessoas em todo o país. Todas as exibições serão gratuitas. No site da Mostra - http://mostracinemaedireitoshumanos.sdh.gov.br é possível acompanhar quais sessões serão seguidas de debate e quais terão audiodescrição.

A Mostra Panorama apresenta filmes selecionados a partir da convocatória pública aberta no site do projeto e filmes que foram prospectados pela equipe de curadoria. São 17 filmes entre curtas, médias e longas-metragens, que contemplam aspectos como direitos das pessoas com deficiência, população LGBT/enfrentamento da homofobia, memória e verdade, crianças, adolescentes e juventude, pessoas idosas, população negra, população em situação de rua, mulheres, direitos humanos e segurança pública, proteção aos defensores de direitos humanos, direito à participação política, combate à tortura, situação prisional, democracia e Direitos Humanos, saúde mental, cultura e educação em Direitos Humanos.

A Mostra Temática apresentará a questão de gênero. Para esta categoria, foram selecionados 7 títulos que abordam temas relacionados às mulheres, orientação sexual e identidade de gênero, como, por exemplo, empoderamento feminino, violência contra a mulher, estereótipos de gênero, LGBTfobias, conquistas sociais, políticas e econômicas, o direito à igualdade e à não descriminação, dentre outros.

A Mostra Homenagem tem como tradição homenagear cineastas cuja filmografia explora a temática Direitos Humanos, trazendo-a para o foco dos debates. A homenageada desta Edição é a cineasta Laís Bodansky, cuja obra tem relevância para o debate sobre um mundo onde todos possam se reconhecer e viver a igualdade e direitos de oportunidades. Cinco filmes da cineasta fazem parte da programação.

Para a realização da Mostra, o ICEM conta com uma rede de colaboradores locais espalhados por todo o país. “O produtor local é um grande multiplicador do valor cultural dos filmes exibidos e promotor de um debate aberto sobre a cultura, valores e temáticas nacionais. Ele responde pela Mostra nas capitais contempladas, nas instituições, organizações e nos meios de comunicações locais. Os produtores do projeto estão conectados em uma rede formada por diversos protagonistas, que viabilizam o funcionamento desta dinâmica relação”, diz a diretora do ICEM, Luciana Boal.

Paras as produtoras locais, esta conexão se deveu ao trabalho que do na difusão de filmes com temáticas de relevância social. "Nosso cineclube sempre buscou a reflexão por meio do audivisual", declarou Simone Norberto. "Por isso o debate sempre é proposto ao final de algumas sessões. Neste ano, temos três temas: a questão indígena, a temática LGBT e a defesa dos direitos da mulher", completou Emanuela Palma.

Os filmes exibidos serão: Como Seria?, Depois Que Te Vi, Do Que Aprendi com Minhas Mais Velhas, Epidemia de Cores, Estrutural, Humano - Uma Viagem Pela Vida, Ilha, Índios no Poder, Intolerância.doc, Lápis Cor de Pele, Manancial, Menino 23, O Chá do General, Pai aos 15, Praça de Guerra, Quem? Entre Muros e Pontes, Tortura Tem Cor, A História da Menininha que Amava Borboletas, Carol, De Que Lado Me Olhas, Madrepérola, Meu Nome é Jacque, Pobre Preto Puto, Precisamos Falar do Assédio,  As Melhores Coisas do Mundo, Bicho de Sete Cabeças, Cartão Vermelho, Chega de Saudade, Mulheres Olímpicas, Hora do Lanchêêê, Iemanjá Yemoja: A Criação das Ondas, Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil, Meninos e Reis, Mônica Toy - Balanço das Meninas, Mônica Toy - Futebola, Paixão e Confusão, Mônica Toy – MônicaFreestyle, Mônica Toy - Nana Nenê! 

Fonte: CineOca/ ICEM

Sesc promove atividade cultural em escolas públicas


Contar história é uma das formas mais antiga de transmitir vivência, é uma habilidade que vem antes mesmo da escrita. Há muito tempo atrás, as pessoas se reuniam para ouvir contos que eram passados de geração a geração, com o objetivo de compartilhar conhecimentos. Hoje, devido ao mundo acelerado, a prática raramente acontece. Como forma de resgatar a arte de contar histórias e possibilitar um convívio coletivo em um momento de lazer e aprendizado, cinco escolas públicas de Porto Velho, receberão o contador Bruno Selleri, através do Sesc, no período de 15 a 19 de maio, que promoverá uma roda de histórias com muita música. 

As escolas que receberão o projeto Cultura na Escola serão: Escola Municipal Cor de Jambo no dia (15/05), Escola Municipal Maria Izaura (16/05), Escola Municipal Ely Bezerra (17/05), Escola Municipal Tucumã (18/05) e Escola Flor de Laranjeira (19/05). 

Nesta edição de maio, serão trabalhados quatro livros, o primeiro será “Onde a onça bebe água” da escritora Veronica Stigger, que mostra o ponto de vista de cada pessoa com relação ao mundo, “O gigante egoísta” uma obra clássica de Oscar Wilde, que retrata uma história de homem que se sente só por causa de seu egoísmo, outro conto abordado é “O inimigo” dos autores Davide Cali e Serge Bloch, a história traz às crianças o espírito crítico e as instiga a conscientizar-se sobre a importância do respeito aos direitos humanos. É um livro de grande sensibilidade, que propõem um momento de reflexão e por último, uma obra de Stephen Michael King, “O homem que amava caixa” que fala de maneira simples e bonita sobre o relacionamento entre pai e filho. Também como parte da programação do projeto “Cultura na escola” a exposição de Xilogravura – Lirismo Gravado da Artista Yolanda Carvalho, que ficará montada no pátio das escolas.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Grupo da 3ª Idade do Sesc participa de Baile da Saudade em homenagem as mães

Como forma de homenagear a todas as mamães do grupo da 3ª Idade do Sesc, será promovido o Baile da Saudade, que este ano tem como tema: Baile de Máscara. O evento acontece dia 11 de maio, quinta-feira, a partir das 14h, na quadra do Sesc Esplanada, e proporciona aos idosos do Sesc e familiares, um momento de diversão, descontração e interação social. 

A programação do baile para esta edição terá música ao vivo, homenagens as mães, apresentação da turma de dança da 3ª idade e desfile de mascaras com as integrantes do grupo. Durante o evento ainda serão realizados sorteio de vários brindes.

O baile da saudade é uma atividade realizada anualmente, ocasião em que os idosos do grupo da terceira idade têm a oportunidade de interação entre si e seus familiares que são especialmente convidados para este evento. O baile também comemora o dia das mães e é desenvolvido estrategicamente no mês de maio como forma de homenagear as integrantes, pois o público em sua grande maioria é feminino, mães, avós e algumas até mesmo bisavós. “A proposta da nossa instituição é proporcionar atividades em diferentes segmentos, sejam elas culturais, esportivas, de entretenimento e educativas, pois o objetivo principal é proporcionar a esses idosos, qualidade de vida, bem-estar social e emocional”. Explica Raniery Araújo Coelho, Presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Show instrumental nesta sexta no Sesc Esplanada

Foto: Anderson Nascimento
Esta semana a atração cultural no Sesc será musical. O grupo rondoniense Trio do Norte formado por Júnior Lopes, Mauro Araújo e Paulo Araújo, estará apresentando o show “Clássicos Regionais”, nesta sexta-feira, 12 de maio, no Teatro 1 do Sesc Esplanada, às 20h.  No repertório, canções como: O peixinho sobe e desce, Ao rio, Centopéia, Máquina 15, Timbres e batuques, Berisso, Vento Bravo de Edu Lobo, Spalla do Bado e Lembrando Hermetto de Arismar do Espírito Santo, farão parte do show. E neste espetáculo o Trio terá a participação dos músicos Oséias Araujo na guitarra, David Castro no Saxofone, e Eliéser Costa no trombone, como convidados especiais. 

A formação do trio é composta por Júnior Lopes na bateria, Mauro Araújo nos teclados e piano, e Paulo Araújo no contrabaixo, representando de forma genuína a música instrumental brasileira. Com influências extremas que vão do regional ao Jazz, da MPB à música erudita, o grupo tem se destacado desde 2006, com participações em projetos musicais como a “Mostra de Música do Sesc”, “Música Instrumental na Praça”, “Música na Escola”, “Palco Livre”, entre outros projetos. Com o objetivo de difundir a música instrumental do nosso estado, o grupo busca o acesso da música à toda comunidade oferecendo em seu repertório um acervo de composições próprias e músicas de renomados compositores locais, nacionais e internacionais. 

O show integra o “Sesc apresenta”, busca atender atividades que consistam em ações destinadas à promoção e ao apoio de eventos, contribuindo com a ativação da reflexão, do debate e da produção artística. Oferecendo lazer cultural de qualidade por meio das modalidades de cinema, música, manifestações artísticas culturais, literatura, teatro e dança, com as realizações de espetáculos, shows, mostras, feiras, exposições e concursos de cunho regional ou nacional. As apresentações e promoções acontecem durante todo o ano através do Sesc. Os ingressos serão distribuídos gratuitamente 1h antes do show.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Roda de conversa “Café com Ideias” leva conceitos socioambientais para colaboradores do Sesc

Foto:Moisés Costa
Ocorreu na tarde da última sexta-feira, 28, a roda de conversa “Café com Ideia”, com a intenção de explicar aos colaboradores a necessidade das práticas socioambientais. A reunião iniciou às 15h no Sesc Esplanada e contou com a participação de funcionários do Sesc Centro, Esplanada e Campestre. O encontro foi realizado em parceria com à Sema - Secretária Municipal de Meio Ambiente.

A reunião teve como foco principal a discussão sobre a separação correta do lixo úmido e seco, visando conscientizar e mobilizar os colaboradores e comerciários a adotarem medidas sustentáveis, organizando o lixo de maneira correta. Além disso, a ação visa facilitar o trabalho dos catadores, fazendo com que o lixo coletado chegue melhor preparado nos pontos de recolhimento.

Na roda de conversa, foram sanadas dúvidas sobre a separação do lixo e como conservá-lo. Segundo a Técnica Ambiental da Sema, Magda Passos, os lixos: seco e húmido, são separados por cores, azul e preto, respectivamente. Os azuis correspondem ao lixo seco, que pode ser reciclado e o preto é destinado ao lixo úmido, que não é encaminhado para reciclagem.

A reunião foi realizada para colocar em prática a Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída em 2 de fevereiro de 2010, que tem como objetivo prevenir e reduzir a geração de resíduos. O plano é ampliar a prática de hábitos de consumo sustentável, para que assim se possa aumentar a reciclagem e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Inscrição para a escola de ensino médio no Rio de Janeiro encerra dia 5 de maio

Está aberto o processo de admissional 2018, para ingressar na Escola Sesc de Ensino Médio, Esem, escola residência localizada no Rio de Janeiro. Poderão se inscrever alunos que tenham cursado o 9ª do ensino fundamental e que tenha nascido entre 1 de janeiro de 2002 a 31 de dezembro de 2004. A pré-inscrição deverá ser realiza exclusivamente através do site www.escolasesc.com.br/inscricoes2018, até o dia 5 de maio de 2017. No período de 31 de maio a 6 de junho, os candidatos deverão se dirigir até a unidade do Sesc para efetivar a sua participação com a documentação solicitada em edital. Para o estado de Rondônia foram destinadas quatro vagas. 

Os alunos participarão de uma avaliação composto por provas escritas das de Língua Portuguesa, Matemática, Redação, Ciências Naturais e Ciências Humanas, no dia 6 de agosto, com início às 9h com término às 13h, no horário de Brasília. O Local será divulgado futuramente. Após o resultado da 1ª fase (prova objetiva), serão aplicados os critérios preferenciais definidos no edital. Aprovados nas duas primeiras fases terão sua redação corrigidas agregando mais pontos para sua classificação. 4ª e última fase os somatórios de pontos nas primeiras fases serão ordenados de forma decrescente. Nesta fase os candidatos passam por entrevista onde serão avaliados aspectos relativos à iniciativa, À colaboração, à socialização, à autonomia do candidato, bem como comprometimento do aluno e sua família com o projeto pedagógico cultural da Escola Esem, durante três anos. O resultado final do processo de admissão será divulgado no dia 21 de novembro deste ano. Todas as informações adicionais os interessados poderão tirar no edital que está disponível no site da Esem. 

A Esem
O Sesc iniciou em 2008 um projeto pioneiro na área de educação. A Escola Sesc de Ensino Médio (Esem) trata-se de uma escola-residência, inteiramente gratuita, que atende a alunos de todo o país. Os estudantes moram nas vilas residenciais, junto com professores e gestores. As turmas têm no máximo 15 estudantes, com idades entre 13 e 18 anos. O projeto pedagógico da escola se baseia na formação da cidadania e na articulação da área acadêmica e da educação profissional.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Os municípios de Ji-Paraná e Vilhena recebem oficina gratuita através do Sesc Dramaturgia

Mestre e Doutora, Isabel Penoni
O Sistema Fecomércio através do Sesc, irá desenvolver a primeira edição de 2017 do “Sesc Dramaturgia – Leituras em Cena”, a ação contempla a oficina “Espessuras do Real – Investigações Sobre Margens, Memória e Política”, que será ministrada pela Diretora de teatro, cineasta e antropóloga, Isabel Penoni. Sesc Dramaturgia é desenvolvido anualmente com objetivos estimular a leitura de textos teatrais, nacionais e estrangeiros; incentivar a prática da leitura em voz alta; apoiar a pesquisa dramatúrgica; provocar a reflexão e o debate sobre a importância e o papel da dramaturgia no teatro contemporâneo; propiciar o intercâmbio entre artistas de teatro, pesquisadores, formadores de opinião e público em geral. 

A oficina da Mestre e Doutora, Isabel Penoni, irá trabalhar a tese em relação aos imigrantes e refugiados e as questões políticas que os envolvem, como as tensões e afetos com os quais estes têm que lidar nas grandes cidades, entendendo também essas cidades como um espaço de resistência coletiva e de convívio com a diversidade. Durante a oficina serão abordados os atravessamentos entre ator e personagem, vida, teatro, o real e a ficção. Serão desenvolvidos também, exercícios de composição cênica e dramatúrgica, improvisações e jogos, que servirão como instrumento na descoberta da temática do curso.  

A oficina gratuita em acontece em duas etapas.  a primeira será período de 3 a 6 de maio e a segunda do dia 31 de maio a 6 de junho em Ji-Paraná e 8 a 11 de maio e de 5 a 8 de junho em Vilhena, nas unidades do Sesc. É importante destacar que o participante tem que estar presente nas duas etapas. Os interessados poderão se inscrever através do e-mail - sescjipa@gmail.com, ou tel. (69) 3422 2414 ou na própria unidade, que é localizada na Av. Dois de Abril, 1950, bairro Dois de Abril em Ji-Paraná. Em Vilhena a inscrição pode ser efetuada através do tel. (69) 3321-2088 ou na Unidade do Sesc localizado na av. Sabino Bezerra de Queiroz, 3665, Setor Jardim América.  

* Para participação na oficina é obrigatório o uso de vestimenta adequada a atividades práticas.

Empresas comerciárias de Porto Velho participarão do Jocom


O esporte é uma atividade que pode ser desenvolvida de forma individual ou coletiva, através de um jogo ou qualquer outra pratica que demande a execução de um exercício físico, tornando-se uma ótima opção para as pessoas adquirirem hábitos mais saudáveis, entretanto não é isso que ocorre, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, pelo menos 70% dos trabalhadores no Brasil não se exercitam regulamente, um resultado preocupante e bastante elevado. São dados como estes que fazem com que o Sesc trabalhe a cada dia atuando no meio físico-esportivo, desenvolvendo de maneira dinâmica e atrativa atividades como basquete, fustsal, futebol, natação, vôlei, taekwondo, judô, academia e outros. Com a propósito de reafirmar o compromisso da instituição com o bem estar físico coletivo, foram criados projetos específicos a esta finalidade, tal como os Jogos dos Comerciários – JOCOM, que traz um mix, de todas as modalidades esportivas desenvolvidas na instituição, tonando-se não só uma maneira recreativa para a pratica de atividades físicas, como também um meio de identificação por parte dos participantes em cada modalidade, vez que oportuniza a cada um deles a experiência em práticas desportivas diversificadas, gerando assim afinidade em determinadas modalidades e incentivando a adesão a estas.

Como forma de consolidar a proposta da Instituição será desenvolvida a 35ª edição dos jogos esportivos voltados para o trabalhador do Comércio do Estado de Rondônia, O Jocom.  O primeiro contato com as empresas será no dia 27 de abril, às 20h, no Sesc Esplanada, durante o congresso técnico, quando serão discutidas regras e informações importantes sobre as competições e sorteio das empresas.

Abertura oficial será dia 1 de maio, às 8h, no Sesc Campestre, com a largada da corrida do comerciário, final Copa Sesc, enduro a pé, torneio de Sinuca, atividade recreativa como Forró do Comerciário e apresentação de todas as empresas participantes que estarão competindo nas modalidades basquetebol, futebol Society, futsal, vôlei de quadra e vôlei de areia, handebol, natação, tênis de mesa, xadrez, dama, dominó e sinuca. As atividades individuais e coletivas serão realizadas nas unidades do Sesc Esplanada e Campestre em um sistema de disputa que será baseado no número de equipes inscrita em cada modalidade, tendo como opção eliminatória simples, rodízio de chaves e eliminatória. 

A Premiação dar-se-á da seguinte forma: Do campeão ao 6º colocado serão oferecidos troféus, medalhas e pontos definidos de acordo com a sua classificação conforme edital, definida a premiação, campeão geral (somatório de pontos de todas as modalidades) será de R$ 3.000,00 e para o vice-campeão R$ 1 mil, Campeão da modalidade de Futebol Society Masculino R$ 500,00 e Vice-Campeão da modalidade de Futebol Society Masculino R$ 300,00. 



Comunicado sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE


quinta-feira, 27 de abril de 2017

Sesc desenvolve ações gratuitas para comunidade da Zona Sul de Porto Velho

Sesc promove ação comunitária na zona zul de Porto Velho

Os moradores que residem na Zona Sul de Porto Velho poderão participar gratuitamente das ações oferecidas pelo projeto “Sesc Comunidade”, no dia 29 de abril (sábado). Será uma tarde repleta de serviços de saúde, educação, assistência, cultura, recreação e embelezamento. A ação é uma iniciativa do Sistema Fecomércio, desenvolvida através do Sesc, e conta com a parceria do Instituto Ínvida, Fhemeron, Faculdade São Lucas, Instituto Mix, Prefeitura de Porto Velho e Associação do Bairro Floresta. A programação será realizada na Escola Escola Estadual Jesus Bulamarqui Hosannah, localizada na rua das Crianças, nº 4686, no Bairro Floresta. 

As atividades iniciarão às 14h, já com atendimento ao público de todas as idades. A criançada poderá participar de contação de história, na carreta do BiblioSesc, além de atividades especiais de odontologia que inclui, teatro de fantoches, aplicação de flúor e orientações sobre a escovação, ainda para os pequenos serão desenvolvidos festival de brincadeiras populares e sorteio de brindes. Dentro da programação acontecerão também oficinas de EVA, pintura de tecido, corte de cabelo, massagem e barbearia. 

Nas ações de saúde serão oferecidos teste de glicemia, aferição de pressão, coleta de preventivo, atendimento médico, teste de hepatite, e serviços odontológicos. Também ligado a Saúde, Fundação Hemeron-Banco de Sangue irá aproveitar a oportunidade para orientar a população sobre a importância da doação de medula óssea e realizar cadastro de futuros doadores. Outra novidade do Sesc Comunidade é a triagem fonoaudióloga que os acadêmicos da Faculdade São Lucas sobre supervisão do seu corpo docente irão realizar durante o evento. A Secretaria Municipal de Assistência Social de Porto Velho - Semas parceira do Sesc também desenvolverá cadastro no Cadúnico (Cadastro Único do Governo Federal). No decorrer da tarde serão realizadas também inscrições para o casamento comunitário que acontecerá na 2ª edição do Sesc Comunidade, em julho. 

A Ação Comunitária consiste em atos destinados a promover o desenvolvimento social, econômico e cultural das comunidades, incentivando à participação e a integração comunitária, por meio da atuação do Sesc com a comunidade e do estabelecimento de parcerias com outras instituições. “O momento também é oportuno para agradecer o apoio de todos que atuaram como coadjuvantes no sucesso do nosso projeto, ” fala Raniery Araújo Coelho, presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE. 


quarta-feira, 26 de abril de 2017

Musical percussivo “Sons de Beira” neste sábado no Sesc Esplanada

Foto de divulgação
Dando início a projetos renomados do Sesc, neste sábado (29), a partir das 20h,  será realizado “Sons de Beira”, um espetáculo musical percussivo construído através dos resultados de pesquisas sonoras realizadas nas vivências em ambientes beradeiros, nos qual apresenta um conjunto de timbres e ritmos do cotidiano amazônico pela manipulação de objetos e instrumentos diversos, construindo paisagens sonoras que estimulam sensações peculiares a esse universo e promovem o resgate de memórias auditivas de beiras de rios com seus mitos, lendas, causos, afazeres cotidianos, ofícios e brincadeiras. 

É eminente o agrego cultural, uma vez que todos os ritmos serão executados pelos experientes artistas Bira Lourenço, e Catatau Batera. Bira é percussionista, e atua como professor de percussão em projetos educacionais direcionados a alunos de escolas públicas, portadores de necessidade educacionais especiais; na formação professores e ressocialização de apenados e egressos do sistema penal; tem participações em vários registros fonográficos de compositores locais, assim como também desenvolveu vários trabalhos associados ao Teatro, em pesquisa sobre a dramaturgia sonora, na qual resultou no show “Conceito”. Dedica-se a pesquisar sonoridades peculiares de ambientes naturais e em vivências coletivas na região ribeirinha, além de estudos percussivos com água, instrumentos de barro e objetos desfuncionalizados. 

Catatau é baterista, e tem a música como profissão, traz de suas origens nordestinas um arcabouço rítmico que explora profissionalmente há mais de vinte anos através da percussão e bateria. Participou de gravações de CDs em estúdio e ao vivo, com grupos de gêneros diversos, além de integrar bandas em Projetos como Mostras e Festivais de Música e de shows de compositores da região. Participou da pesquisa sonora do Projeto “Conceito”, uma iniciativa que resultou em um show homônimo realizado em 2012. A pesquisa de sonoridades em objetos e instrumentos alternativos em ambientes à beira de rios conduziu à participação no Projeto Sons de Beira.

O show faz parte das programações culturais Sesc Apresenta e projeto Sesc Amazônia das Artes, e tem notável contribuição no resgate cultural nortista, e é pelo intento de propagar ainda mais essa cultura, que ele irá circular em nove estados da “Amazônia Legal” e no Piauí através da Instituição. Ainda como forma de incentivo ao acesso cultural regional, essa apresentação terá entrada gratuita com retirada do ingresso 1h antes do show. 

terça-feira, 25 de abril de 2017

Beradera Cia de Teatro inicia temporada de apresentações do espetáculo “Lete” no Sesc Esplanada

Foto de divulgação 
Nesta sexta-feira (28), às 20h, no Teatro 1 Sesc Esplanada, a Beradera Cia de teatro realizará a primeira apresentação do espetáculo teatral “Lete”. O espetáculo fará parte do circuito nacional do Palco Giratório e percorrerá 16 estados brasileiros realizando 38 apresentações através do Sesc. 

Lete, uma palavra grega que significa rio do esquecimento, que retrata muito bem o enredo do espetáculo que conta histórias reais ligadas ao rio que banha cidades do estado de Rondônia, o Rio Madeira. Lete estreou em maio de 2013 – antes da cheia histórica do rio Madeira, que ultrapassou em dois metros a última marca registrada e afogou comunidades ribeirinhas inteiras – reflete, em um ambiente ficcional, sobre os diversos ciclos migratórios que moldaram a cidade de Porto Velho, culminando com o ciclo das usinas hidrelétricas. 

Quatro atores – narradores se revezam durante espetáculos em mais de vinte personagens para retratar dramas como prostituição, marginalização, degradação da natureza, entre outros sofridos ao longo da história do estado de Rondônia. “Lete, estendem-se para além das fronteiras do palco. Em todo caso, o grupo tem assumido os cuidados necessários para trazer legitimidade a esta representação de modo a realizar uma obra que seja importante para este grupo social. Um trabalho ativo de valorização e empoderamento da memória. Para a Beradera Companhia de Teatro, o palco não é apenas o terreno estético da representação. O palco é uma extensão da vida”, fala Rodrigo Vrech, diretor do Lete.

Beradeira Companhia de Teatro
Surgiu em 2013 a partir do processo de criação do espetáculo “Lete”, vencedor do Prêmio Myriam Muniz de Teatro 2012. Paralelamente ao espetáculo, o diretor do grupo, Rodrigo Vrech, desenvolve um trabalho de formação através da Oficina de Teatro Porto Velho, que iniciou no segundo semestre de 2013 e segue já em seu terceiro período, tendo alcançado mais de cem alunos até o momento. 

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Sesc comemora o Dia Nacional do Livro infantil com programação especial na biblioteca volante

O Sesc irá estacionar sua biblioteca volante, o BiblioSesc, em cinco escolas públicas de Porto Velho, no período de 17 a 20 de abril, com objetivo de facilitar o acesso e incentivar o hábito da leitura, para isso foi elaborada pelo Sistema Fecomércio, através do Sesc, uma programação atrativa com: Contação de história, representação do clássico de Monteiro Lobato, A pílula falante, serão desenvolvidas também empréstimos de livros e visitas guiadas. Tudo isso para brindar este marco comemorativo que é o Dia do Livro. 

O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em 18 de abril, data escolhida em homenagem a Monteiro Lobato. Primeiro escritor da literatura infanto-juvenil a inserir nas histórias para as crianças elementos da cultura nacional, sendo este à frente de seu tempo, e tornando-se um precursor da literatura, assim como o Sesc, que se tornou um disseminador da leitura em Rondônia.  

As atividades iniciam na EMEF Maria Izaura da Costa Cruz (17/04), após serão contempladas com a ação E.E.E.F.M. Brasilia (18/04), E.E.E.F.M. Maria Carmosina Pinheiro (19/04) e EEEF Nossa Senhora das Gracas (20/04).

Além das atividades especiais para semana do Livro, a instituição prepara todos os anos um calendário de atendimento que a unidade móvel, o BiblioSesc desenvolve realizando visitas mensais, possibilitando empréstimos de seus livros de 15 a 15 dias a população. O BiblioSesc possui um acervo com mais de 3 mil exemplares com clássicos da literatura, aventuras, ficções, gibis, revistas, biografias, livros didáticos de autores nacionais e internacionais, pronto para consultas e empréstimos. Os interessados só precisam fazer um cadastro e escolher a obra de sua preferência. “Nossa proposta para este ano é desenvolver mais ações como esta do Dia do Livro, com intuito de adquirir mais adeptos a leitura” fala Raniery Araujo Coelho, pesidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE. 



segunda-feira, 10 de abril de 2017

Estão abertas as inscrições para os Jogos dos Comerciários – Jocom


Estão abertas as inscrições para os Jogos dos Comerciários -  Jocom. As empresas comerciárias terão até o dia 26 de abril para efetuar a inscrição de sua equipe. Para isso, deverão dirigir-se ao Sesc Esplanada, na Coordenação de esporte, em horário comercial, com carteira atualizada de todos os componentes e efetuar a doação de três cestas básicas.

Equipes masculinas e femininas poderão participar das competições nas seguintes modalidades: futebol society, futsal, voleibol, basquetebol, handebol, vôlei de areia, natação e jogos de mesa. A abertura dos jogos será no dia 1º de maio, no Sesc Campestre.

O Jocom é uma competição realizada exclusivamente para os comerciários, e o objetivo principal é promover o acesso ao esporte e estimular a prática regular da atividade física.  Além disso, os jogos são uma oportunidade de entretenimento, autossuperação, respeito ao adversário e exercício da ética na competição.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Munícipios rondonienses ainda podem se inscrever para o Dia do Desafio


Dia do Desafio 2016

O Dia do Desafio é uma campanha mundial de promoção da saúde e bem-estar.  Seu objetivo é quebrar a rotina sedentária e estimular a população a praticar qualquer atividade física por, pelo menos, 15 minutos consecutivos.   O evento ocorre sempre na última quarta-feira do mês de maio, e conta com a participação de milhares de cidades do mundo inteiro.

No ano passado, no Continente Americano, participaram 20 países, 3.697 cidades e mais de 48 milhões de pessoas. Deste quantitativo, 31 cidades eram rondonienses, e geraram 270.635 atendimentos.  São resultados expressivos que confirmam a importância da promoção de ações que incentivem a adoção de uma vida mais ativa.

Em 2017, o Dia do Desafio acontecerá no dia 31 de maio, será coordenado pelo Sesc, tendo as prefeituras como realizadoras. São envolvidos neste evento, todas as instituições privadas, Poderes Públicos e parcerias, visando sempre incentivar a população a adquirir o hábito da pratica esportiva, como o próprio slogan da campanha menciona “Você se mexe e o mundo mexe junto”.

As inscrições para esta edição estão abertas, com previsão para encerrar no dia 5 de maio, conforme cronograma nacional.  A expectativa é que todos os municípios do estado participem. A fim de lograrmos o êxito para a adesão maciça, a coordenação regional já enviou às prefeituras uma carta convite, com toda a proposta do Dia do Desafio, enfatizando a importância da participação nesta ação. “Gostaríamos de lembrar às prefeituras que é necessário enviar as fichas de inscrição para que possamos efetivar a participação de cada município”, ressalta Ilsandra Lopes, Coordenadora do Dia do Desafio no estado de Rondônia.

Ji-Paraná, Theobroma, Chupinguaia, Alta Floresta do Oeste, Cerejeiras, Nova União, Cacaulândia, Pimenteiras do Oeste, Vilhena, Candeias do Jamari, Ariquemes e Jaru, são alguns dos municípios que já confirmaram a participação. Após a confirmação da participação das prefeituras, no dia 08 de maio, será feito o “Sorteio do Desafio”, em São Paulo, onde serão formadas as parcerias das cidades que competirão entre si.

Após a divulgação do confronto, o Sesc Rondônia realizará em sua Unidade no município de Ji-Paraná uma reunião com representantes de todos os municípios envolvidos para o repasse das orientações acerca do evento. 

“Participe você também e contribua para a vitória da nossa cidade! É muito simples, basta praticar qualquer atividade física por no mínimo 15 minutos, e registrar sua participação. Sabemos que neste desafio quem sai ganhando é a população, que além de exercitar o corpo, exercita também o espírito comunitário e a integração”, afirma Raniery Araujo Coelho, presidente do Sistema Fecomercio-Sesc-Senac-IFPE.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Turismo Social completa 10 anos em Rondônia

Foto: Em 2016 no Parque do Caracol em Canela - RS
Este é um ano de festa!  O Turismo Social Sesc do estado de Rondônia, completou o dia 15 de março, 10 anos de atuação. A história começou em 2007, com a implantação da atividade e como pontapé inicial, foi realizado um inventário turístico dos principais pontos de lazer de nossa cidade e proximidades e aplicação de questionários, com o intuito de analisar o perfil dos comerciários. Como primeira atividade, o Regional atuou no suporte receptivo para dois grupos, o grupo da Terceira Idade do Sesc/AC, e um grupo de 50 estudantes de Itapuã do Oeste, que vieram usufruir do lazer oferecido pela unidade campestre. Já no Turismo emissivo, o começo foi com passeios locais e viagens rodoviárias, depois estendeu para excursões aéreas para todas as regiões do país, além de ações sociais e consultoria para viagens individuais em rede hoteleira Sesc. 

É o programa de Turismo Social que faz aniversário este ano, e ao longo desses 10 anos, ganha cada vez mais adeptos. Para se ter uma ideia, de lá para cá foram atendidas em torno de 6.000 pessoas, na modalidade Turismo Emissivo, com um total de 57 excursões e 40 passeios realizados. Além das reservas em hospedagens do Sesc, Brasil a fora. 

Foram muitas histórias vivenciadas com nossos clientes, caminhos percorridos, sonhos realizados, conhecimentos adquiridos, e emoções compartilhadas. Acreditamos que através do nosso empenho, mais décadas virão para transformar a vida da família Sesc!

E para quem sempre teve vontade de arrumar a mala e sair por ai em busca de descanso, aventura, ou conhecimento de novas culturas, e não teve a oportunidade, ou esbarrava em problemas como tempo e dinheiro, o Turismo Social do Sesc apresenta a solução, e mostra que os obstáculos podem ser contornados.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Concerto “Duo Borges Moreno” abre a programação do Sesc Partituras em 2017

Os músicos, Llitisia Moreno e Paulo Humberto, apresentam o concerto “Duo Borges Moreno, neste sábado, 8 de abril, no Teatro 1 Sesc Esplanada, às 20h, com entrada gratuita. O show abre a temporada do Sesc Partituras em Porto Velho, um projeto que tem como objetivo preservar e difundir compositores e suas obras, além de destacar os interpretes rondonienses.  

O Duo Borges Moreno, surgiu no cenário musical rondoniense em 2005, é composto pela pianista Llitisia Moreno e o flautista Paulo Humberto. Nesta edição os artistas interpretarão músicas instrumentais brasileira, como a canção Orquídea (Alexander Shubert), Lembrança (Wilson Fonseca), Alvorada das Rosas (Julio Reis), Serenata de Amoré (Patapio Silva), Zinha (Patapio Silva), Margarida (Patapio Silva), Lua Branca e Filha da Noite (Chiquinha Gonzaga), Camilla (Chiquinha Gonzaga) e Serelepe (Alceu Camargo).  Fazem parte do repertório também, músicas de novos compositores brasileiros premiados e reconhecidos internacionalmente. Todas as canções foram acessadas pelo Sesc Partituras, uma biblioteca digital de partituras que não tem fins lucrativos. 

O Sesc Partituras conta com um programa de apresentações anual em todas as unidades do Sesc no Brasil, é possível contabilizar uma série de 108 (Cento e oito), apresentações que tem como características a formação de públicos e divulgação de compositores e interpretes. Em Rondônia serão realizadas quatro apresentações e a próxima edição já tem data marcada, 13 de julho, e contará com a participação de interpretes da cidade de Ji-Paraná. 

Postagens populares (5 mais recentes)