quinta-feira, 12 de maio de 2016

Sesc Amazônia das Artes tem apresentação especial em Porto Velho

Foto: Divulgação
Desde o último sábado, o Sesc Amazônia das Artes traz diversão aos moradores da cidade de Ji-Paraná um sucesso contabilizando recorde de público, agora chegou a vez da população portovelhense prestigiar o projeto. Nos dias 13 e 14 de maio, às 20h, no Teatro 1 do Sesc Esplanada, acontecerá a apresentação musical “Traduções” e “Velhos caem do céu como canivete”. As sessões são gratuitas.

Para a noite desta sexta-feira (13), o show musical vindo do estado de Tocantins, “Traduções”, com o Grupo Irineu de Palmira & Banda. Um show que remete a um conjunto de traduções de vários aspectos e elementos do cotidiano, baseado na tentativa de tradução em um campo dado pela licença poética do artista. É uma apresentação que conta com um repertório autoral e com canções inéditas. Irineu é mineiro, nascido em Belo Horizonte e iniciou suas atividades no campo musical participando de vários festivais e eventos culturais em todo o estado de Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Seu trabalho é dedicado à música popular brasileira, estilo musical que o levou a várias turnês pela Europa, Ásia e EUA. 

No sábado (14), chega a vez do grupo maranhense Pequena Companhia de Teatro, apresentar o espetáculo “Velhos caem do céu como canivete”, é inspirado no conto “Un señor muy viejo con unas alas enormes”, de Gabriel García Márquez. Fala a história de um catador de lixo que tenta sobreviver à miséria que assola sua família e vê sua rotina mudar com a queda de um ser alado em seu quintal. O espanto inicial dá lugar à necessidade de identificar o estranho ser, gerando um permanente questionamento quanto à definição do ser alado. Seria um anjo? Um frango? Um delírio provocado pela fome? O exílio forçoso de um e a miséria do outro pontuam a trama que apresenta um cenário pós-apocalíptico permeado de desesperança. O espetáculo é indicado a maiores de 12 anos. 

O projeto promove a circulação e o intercâmbio de espetáculos e exposições dos estados que compõem a Amazônia Legal. Desta forma, recebem paralelamente a mostra os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Este ano pela primeira vez a Mostra foi sediada no município de Ji-paraná, onde boa parte da programação foi realizada. “A ideia é ampliar os serviços do Sesc em todo o estado de Rondônia e desenvolver cada vez mais nossa programação em outros municípios” explica Raniery Araujo Coelho, presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.

Ascom Sesc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)