terça-feira, 3 de maio de 2016

Sesc oferece ao público Ji-Paranaense programação cultural gratuita

Espetáculo Réquiem para dois

Sesc Amazônia das Artes completa 9 anos de realização no estado de Rondônia 
A 9ª edição do Sesc Amazônia das Artes inicia no dia 7 de maio, no município de Ji-Paraná às 20h, no Teatro Dominguinhos. Um evento que promoverá espetáculos culturais gratuitos com artistas oriundos de nove estados que compõem a Amazônia legal. A programação será desenvolvida no período de 7 a 17 de maio.

O Projeto Amazônia das Artes promove a circulação e o intercâmbio de espetáculos de dança, teatro, shows musicais e exposição de obras de artes dos estados que pertencem à Amazônia Legal. Representando Rondônia, o grupo Imaginário apresentará o espetáculo Mulheres de Aluá que estreia a programação, dando sequência às 20h30 o espetáculo Pregões. No dia 8 o espetáculo vem do Amapá: “Malcriadas” da Cia Em Cena Ação; no dia 09 o espetáculo de dança “Réquiem para dois” do Amazonas; no dia 10, “Sotaque” do Piauí; dia 11 “Fiu-Fiu” do Mato Grosso; dia 12 o espetáculo será um musical: “Travessia”; dia 13 a apresentação vem de Tocantins: “Cantando e Cantando  te Contamos Viajando”; dia 15 será a vez dos Acreanos apresentarem sua performance com “Música de Brincadeira” e encerrando os espetáculos no dia 16 “Selfie” – MT.

Paralelo à mostra, acontece na sede do Sesc em Ji-Paraná uma exposição do artista Eder Oliveira: “Alistamento” que retrata o alistamento de jovens nas Forças Armadas, cujo o militarismo e a violência estão bem presentes nas obras produzidas em pinturas (óleos sobre telas), fotografias, objetos, vídeo e site-specific. A exposição ficará à disposição até o encerramento do projeto com visitação a partir das 8h30.  Já no Instituto Federal de Rondônia (Ifro), às 13h, acontecerão sessões de cinema onde serão exibidos filmes como: O Corpo Urbano” da cineasta Keila Serruya, “Arqueiros” de Thiago Briglia, “Chiaroscuro” - Daniel Drummond, “Ribeirinhos do asfalto” - Jorane Castro,  “Labirinto de papel” - André Araújo e Roberto Giovannetti, “Ouça-me” - André Araújo e Roberto Giovannetti – Palmas,  “Start –Dommer” - Francisco Crispim, “Ele sempre esteve certo” Luiz Marchetti, "Licor de Pequi” - Marithê Azevedo, “A Rosa” - Dominique Allan, “A Encantada do Brega” - Leonardo Augusto - Belém (PA).

O Sesc Amazônia das Artes está com novidades este ano, pela primeira vez o projeto será sedeado em Ji-Paraná e paralelo acontecerão apresentações também em Porto Velho. “Observamos a necessidade de expandir nossas ações e escolhemos Ji-Paraná por ser uma cidade estratégica que encontra-se em expansão. Futuramente teremos a maior unidade do Sesc no estado, e contará com todos os serviços que já oferecemos na capital” fala Raniery Araujo, Presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.

Ascom Sesc Rondônia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)