sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Palco Giratório atrai famílias nos finais de semana

O Festival Palco Giratório traz aos finais de semana espetáculos com classificação livre e vem atraindo muitas famílias. Este final de semana mais dois espetáculos fazem a alegria do público.

Sábado, 19 tem o espetáculo “O pássaro do sol” com o grupo “A Roda” (BA). Adaptado da mitologia indígena brasileira pela escritora Myriam Fraga, o texto narra a história de um jovem que é transformado em pássaro para ir ao céu roubar as chamas do palácio do sol. A encenação utiliza o teatro de sombras, antigo gênero de animação que tem na China uma das mais antigas tradições. As silhuetas são recortadas em couro pela artista plástica e diretora da companhia Olga Gómez. Selecionado como “Melhor espetáculo Infanto juvenil” de 2010 pelo Prêmio Braskem de teatro (BA), o espetáculo foi produzido por Marcus Sampaio, conta com música original escrita pelo compositor Uibitu Smetak e tem narração de Osvaldo Rosa. A apresentação será no Teatro Guaporé a partir das 20h e a indicação é para crianças a partir dos 5 anos. Duração: 50 minutos.

Domingo, 20 tem Dielson Pessoa (PE) que traz “O Silêncio e o caos”que  tem como ponto inicial uma experiência psicológica vivida pelo próprio Dielson Pessoa e trata da questão como algo inerente ao humano. Abre um leque de discussões sobre as psicoses, levando o público a perceber que essas duras passagens são muito enriquecedoras, principalmente quando vistas por um prisma respeitoso e longe de preconceitos. O elemento disparador ou conteúdo deste solo está presente em âmbito universal, uma vez que muitas pessoas passam por situações similares e, por medo ou preconceito, evitam expor suas tragédias pessoais. O fato de ter bipolaridade e poder investigar e comentar sobre esse problema auxilia no processo de autoconhecimento e fortalecimento do indivíduo, deslocando o assunto para uma questão da sociedade, e não mais como único e pessoal. A classificação é 12 anos e  o espetáculo será apresentado no Teatro Guaporé a partir das 20h. Duração: 50 minutos.
 
"O Imaginário" encerra a mostra no domingo
Mostra Ji-Paraná e Circulação Estadual
Não é só em Porto Velho que o Festival Palco Giratório faz sucesso. A Mostra Palco Giratório que acontece em Ji-Paraná encerra neste final de semana e a participação do público é grande. A programação, que teve início dia 13/09 traz nesta sexta-feira (18), o espetáculo “Lete” com a Cia Beradera de Teatro (RO). “O Imaginário” (RO) apresenta “As Mulheres do Aluá” no sábado e encerra a Mostra domingo (20) com “O Mistério do Fundo do Pote”.
 
"Boi de Piranha" será apresentado em Colorado do Oeste
“Boi de Piranha” (RO) e o grupo “Nu Escuro” (GO) ampliam a itinerância pelo interior levando espetáculos para mais cidades do interior de Rondônia. Nesta seta-feira (18), tem “Boi de Piranha” em Colorado do Oeste, no Centro de Convenções Eduardo Valverde – Ifro a partir das 19h30. No domingo Vilhena recebe “Plural” do grupo ‘Nu Escuro” a partir das 20h na Escola Municipal Angelo Mariano Donadon.
 
Doze oficinas são oferecidas durante a programação do Palco Giratório
Oficinas
Neste final de semana serão ministradas duas oficinas “Colaboração na Criação” com o Movasse Coletivo de Criação em Dança (MG). As aulas acontecem sábado e domingo das 9h às 12h e das 14h às 17h, no espaço Tapiri – O imaginário.

Domingo (20) o grupo Estação de Teatro (RN) ministra “A arte de contar histórias” das 9h às 12h e das 14h às 17h na sala de ensaios do Teatro Estadual Palácio das Artes. A inscrição para as oficinas são gratuitas e podem ser feitas na Central de Atendimentos do Sesc Esplanada.

A programação do Palco Giratório continua até o dia 27 de setembro. Os ingressos são disponibilizados uma hora antes das apresentações e pode ser trocado por material de limpeza ou um kg de alimento não perecível. O número de senhas para apresentação no Teatro Guaporé é limitado a 235 lugares.

O Festival Palco Giratório é uma realização do Fecomércio Rondônia Sesc/Senac/IFPE com apoio do Governo do Estado de Rondônia, através da Sejucel e Funpar.


Acompanhe a programação pelo Facebook (https://www.facebook.com/palcogiratorioro), Instagram (@sescro)  e ainda pelo site Fecomércio (http://fecomercio-ro.com.br/) e blog do Sesc (http://sescro.blogspot.com.br.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Palco Giratório: Movasse apresenta dois espetáculos


Nesta quinta e sexta-feira tem Movasse Coletivo de Criação em Dança (MG) na programação do Palco Giratório. O Coletivo apresenta dois espetáculos: Nowhereland - Agora estamos aqui e Playlist - Espetáculo de Improvisação Interativa. No sábado e domingo tem a oficina "Colaboração na Criação". Para participar da oficina é só fazer a inscrição gratuitamente na Central de Atendimentos do Sesc Esplanada. 

Sobre os espetáculos
Nowhereland - Agora estamos aqui
O Movasse foi buscar na obra cinematográfica de Tim Burton inspiração para criação coreográfica de um espetáculo de dança. As obras do diretor são marcadas por uma recriação fantástica do real, sempre com um tom de comédia e resvalando em toques de humor macabro. A tênue linha que separa o real do imaginário foi o ponto de partida para desvendar o tema. Até onde estamos seguros do que é real e do que é apenas fruto de nossa imaginação? Somos feitos apenas dos fatos concretos do dia a dia ou somos o que imaginamos ser? Existe uma forma de distinguir o real do imaginário? Enfim, essas são algumas perguntas que surgiram durante o processo e depois transformaram-se em movimento, iluminação, trilha sonora e figurino.
Playlist - Espetáculo de Improvisação Interativa
Playlisté uma obra a ser construída a cada apresentação. Fundamentadas em elementos definidos pelo público, quer seja na sorte ou por sua escolha, as improvisações se estabelecem através do uso da coletividade e da imaginação. A produção da obra é baseada na autenticidade e na criatividade de seus integrantes. Deixar que o público escolha o tema da noite e também algumas composições cênicas permite à plateia participar como um norteador do espetáculo, tornando-o imprevisível e próximo ao lúdico destas pessoas.


Oficinas

Sábado e domingo o coletivo Movasse ministra a oficina "Colaboração na Criação", que se fundamenta em trabalhos de improvisação, jogos para composição coreográfica e uma parte técnica para aquecimento. A consciência do corpo é tema principal; o espaço, a respiração, o movimento autoral e a criação determinam o assunto da oficina. A oficina será no espaço Tapiri - O Imaginário, localizado na Rua Franklin Tavares, 1353 - Pedrinhas. Horário: 8h às 12h; 14h às 18h.


Apresentações
Ser encarado pelo ator Kenni Rogers logo ao entrar no espaço onde será apresentado o espetáculo Vigor Mortis Jukebox (PR) é o primeiro contato com o misto de sensações que o público vai vivenciar. Em uma caixa o ator se transforma em personagens que trazem para a cena obsessões, psicopatias e o sofrimento humano. Os espectadores sorteados são responsáveis pela sequência de cenas que serão apresentada e tem o privilégio de assistir de perto o esquete escolhido. O restante do público assiste o espetáculo em uma projeção.

O ator Kenni Rogers encara a plateia fixamente durante o espetáculo Vigor Mortis Jukebox
Vigor Mortis Jukebox foi apresentado no Teatro Guaporé e Tapiri e atiçou a curiosidade da plateia. Gabriela Dorth não resistiu e foi as duas sessões. Ela foi a primeira a ser sorteada para escolher as cenas e disse que foi uma mistura de emoções. "Gostei muito do espetáculo e já quero ver de novo". Sílvia Rodovalle explica porque gostou do espetáculo. "Mostra nossas entranhas, revela o que realmente somos brincando com relação as patologias que cada ser humano tem, as psicopatias e olha nós realmente temos tudo isso dentro de nós e é legal ver tudo isso jogado fora".
Espetáculo Vigor Mortis Jukebox (PR)

O grupo rondoniense Raízes do Porto apresentou "Findo" na noite desta quarta-feira (16). O espetáculo, apresentado no Teatro Estadual Palácio das Artes mostra o misto de emoções vividos por todos nós em relações pessoais, seja com amigos ou em busca de um romance. 
"Findo" com o grupo Raízes do Porto (RO)

Em cena quatro atores discutem e trazem a tona reflexões e feridas. A dramaturgia assinada por Alexandre Lemos causa identificação no público que se vê em muitos momentos vivenciando situações iguais aos dos personagens. O espetáculo foi aplaudido de pé e mostra a força da produção local.

Raízes do Porto  apresentou "Findo" no Teatro Estadual Palácio das Artes
A programação do Palco Giratório continua até o dia 27 de setembro. Os ingressos para os espetáculos são distribuídos uma hora antes de cada apresentação e pode ser trocado por um quilo de alimento não perecível ou material de limpeza.

Festival Palco Giratório é uma realização do Fecomércio Rondônia Sesc/Senac/IFPE com apoio do Governo do Estado de Rondônia, através da Sejucel e Funpar.

Acompanhe a programação pelo Facebook (https://www.facebook.com/palcogiratorioro), Instagram (@sescro)  e ainda pelo site Fecomércio (http://fecomercio-ro.com.br/) e blog do Sesc (http://sescro.blogspot.com.br

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Vai começar a 3ª Edição do Open de Judô no Sesc Esplanada

Acontece neste sábado, 19 de setembro às 14h, no Sesc Esplanada, a 3º edição do Sesc Open de Judô. A competição será dívida por categorias, sendo: fraldinha, mirim, infantil, juvenil e júnior, de acordo com a idade e definido masculino e feminino. Todos os atletas que se classificarem em 1º, 2º e 3º lugar serão premiados com medalhas e a academia que alcançar maior pontuação na competição receberá troféu.

“Na competição será utilizado um sistema de eliminatória simples sem repescagem, sendo os terceiros colocados os perdedores dos finalistas. As disputas terão duração de 3 a 4 minutos avaliados pela equipe de arbitragem”, explica Luciane Siqueira, coordenadora do evento e faixa preta 1º DAN .

As inscrições já estão sendo realizadas na academia do Sesc, localizada na avenida Presidente Dutra, bairro Olaria, com professor Junior San e Luciane Siqueira ou através do email: lsilva@sescro.com.br ou educ_lu@yahoo.com.br, até o dia 18. Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 20,00 (Vinte Reais) por atleta. O atleta ou Academia deverão ficar atentos ao regulamento da competição, onde vão ser avaliados de acordo com a confederação nacional de judô.

O III Open Sesc de Judô faz parte do Move Brasil, campanha nacional que incentiva a população a pratica esportiva.

Mais informações: 9287-8936 ou 9909-0240

O Sesc promoverá a Campanha Move Brasil com atividades esportivas e físicas durante uma semana em Rondônia


Vai começar mais uma edição da maior Campanha de incentivo ao esporte, a Semana Move Brasil. De 19 a 22 de setembro, o Sistema Fecomércio e o Sesc irão promover atividades físicas e esportivas em pontos estratégicos da cidade de Porto Velho, Vilhena, Ariquemes, Ji-Paraná, Presidente Médici e Nova Mamoré com a proposta de sensibilizar o maior número de pessoas e incentivá-las a incluírem a prática esportiva em sua rotina.  A campanha acontece simultaneamente em todo o território nacional.

Neste contexto, o Sesc se configura como um dos principais “Movedores”. A Instituição que se identifica com a proposta do Move Brasil abraçou a ideia que contribui e proporciona melhoria da qualidade de vida à população. “Trabalhamos durante todo o ano oferecendo ao nosso público alvo comerciários e seus dependentes, serviços voltados ao seu bem-estar e qualidade de vida. Na capital temos uma unidade que abriga um grande complexo esportivo, além dos projetos que provém ações nesse segmento. Vale ressaltar o Dia do Desafio, que acontece no mês de maio em quase todos municípios do estado de Rondônia e mobiliza um grande quantitativo de pessoas” destacou Raniery Araujo Coelho, Presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE.

Em Porto Velho a programação inclui circuito esportivo de voleibol, basquete, futebol, futsal, festival de Brincadeiras populares no Sesc Esplanada, além de atividades externas como a Caminhada pela paz. Nos municípios serão desenvolvidos ginásticas, festival movimente com crianças de 3 a 12 anos, passeio ciclístico e trilha rural.

O MOVE Brasil é uma campanha para promover a prática de esportes e atividades físicas e aumentar o número de brasileiros ativos até 2016. Criado em 2012, é resultado da colaboração de instituições, empresas e pessoas. E tem o intuito de ser um diferencial entre outras ações do gênero, na medida que tem o objetivo de formar uma rede de parceiros para difundir sua mensagem.

Confira a programação 






segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Palco Giratório: Final de semana com teatro lotado


Público lota Teatro Palácio das Artes no final de semana
O final de semana foi com o Teatro Estadual Palácio das Artes lotado. Adultos e crianças se divertiram com os espetáculos do Festival Palco Giratório. Foram duas apresentações no sábado e duas no domingo com utilização também a área externa do Teatro.

Apresentação de Mira - Extraordinárias diferenças, sutis igualdadas encanta adultos e crianças
O grupo "De pernas pro ar" (RS) apresentou no sábado Mira - Extraordinárias diferenças, sutis igualdades, uma viagem ao mundo das brincadeiras do universo infantil. Em cena bonecos gigantes se divertem com jogos como esconde-esconde, levando os adultos e crianças a entrarem nesse universo lúdico. Logo em seguida o grupo Artecena (AM), trouxe o mundo dos brinquedos para o palco. Tendo como inspiração o conhecido conto "O soldadinho de chumbo", a apresentação misturou música e fantasia numa história divertida que celebra a aceitação e discute o preconceito diante das diferenças.

"A hora encantada" do grupo "Artecena" (AM) foi a segunda apresentação de sábado.
No domingo o "De pernas pro ar" divertiu a criançada com o espetáculo "Lançador de Foguetes", que mostrou a experiência de um cientista muito maluco que utilizando materiais recicláveis consegue fazer um foguete voar longe. A noite teve Cafuxa e o seu reino encantado que contou com a interação do público para que a palhacinha encontrasse seu príncipe ou palhaço encantado. Ao final dos espetáculos os artistas recebem o carinho do público através de agradecimentos e  registros fotográficos.
A palhacinha Cafuxa conquistou muitos fãs mirins em Porto Velho

Mostra Ji-Paraná
Desde domingo (13) acontece a Mostra Palco Giratório em Ji-Paraná. Quem abriu a programação foi o grupo Cortejo (RJ) com o espetáculo "Antes da Chuva" e foi sucesso de público. As apresentações continuam nesta segunda-feira (14) com o Grupo de Dança D´Palma (RO), que faz um resgate cultural com "Reconstruindo a identidade ribeirinha". Na terça-feira  (15) é a vez de "Boi de Piranha" (RO) se apresentar. Quarta-feira (16) o grupo goiano Nu Escuro leva o espetáculo "Plural" e na quinta-feira (17) eles voltam para apresentar "O cabra que matou as cabras". A Beradera Cia. de Teatro se apresenta sexta-feira (18) com o espetáculo "Lete" e no sábado (19) tem O Imaginário (RO) com mulheres do Aluá. Domingo (20) o encerramento será com "O Imaginário" que apresenta "O mistério do fundo do pote".
O grupo D´Palma se apresenta hoje na Mostra Palco Giratório em Ji-Paraná
Em Ji-Paraná as apresentações acontecem sempre às 20h na Praça ou no Teatro Dominguinhos com entrada gratuita. É necessário verificar a classificação indicativa para cada espetáculo.

Circulação Estadual
O espetáculo "Boi de Piranha" continua circulação pelas cidades rondonienses. Nesta segunda-feira (14) a apresentação será em Jarú  na E.E.E.F.M. capitão Sílvio de Farias, localizada na Rua Florianopolis, 2945 - Setor 2 a partir das 20h. Terça-feira (15) o grupo participa da Mostra Palco Giratório em Ji-Paraná.

Programação Palácio das Artes
Nesta segunda-feira (14), tem o grupo Nu Escuro (GO), que apresentam o espetáculo "Plural", narrando a trajetória de Maria, uma menina criada no interior com sua vó e que vai até a cidade grande para tentar uma vida nova. O espetáculo tem duração de 55 minutos e a classificação é 10 anos.
 
Terça-feira tem Vigor Mortis Jukebox (PR) que traz  espetáculo  inspirado pela música de Nick Cave, roqueiro australiano que viveu no Brasil entre 1990 e 1993 e que escreve letras marcadas por histórias de violência e amor dramático. Trata-se de uma caixa de madeira que simula os toca-discos públicos comuns nos Estados Unidos. São sorteadas oito pessoas da plateia. Caso seja escolhido, o espectador será chamado durante a peça para ir até a caixa e “ligar” uma das esquetes que compõem o espetáculo. O mesmo espectador assiste ao “seu” capítulo de uma cadeira em frente a uma pequena janela – uma espécie de peepshow. O resto do público assiste à mesma coisa, mas em um telão. A imagem final é a junção de atuação e projeções, via diversos reflexos. A cada apresentação, seis esquetes serão encenadas, de um total de oito. O espetáculo tem duração de 80 minutos e a classificação é 16 anos.          

A programação do Palco Giratório continua até o dia 27 de setembro. Para assistir os espetáculos estão disponíveis ingressos para uma hora antes das apresentações e pode ser trocado por um quilo de alimento não perecível ou material de limpeza.

Festival Palco Giratório é uma realização do Fecomércio Rondônia Sesc/Senac/IFPE com apoio do Governo do Estado de Rondônia, através da Sejucel e Funpar.
Acompanhe a programação pelo Facebook (https://www.facebook.com/palcogiratorioro), Instagram (@sescro)  e ainda pelo site Fecomércio (http://fecomercio-ro.com.br/) e blog do Sesc (http://sescro.blogspot.com.br

Postagens populares (5 mais recentes)