quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Festival Palco Giratório inicia sua programação neste domingo (30) no Teatro Estadual Palácio das Artes


A edição 2015 do Festival Palco Giratório inicia neste domingo (30), no Teatro Estadual Palácio das Artes, durante todo o mês de setembro com uma programação que contempla espetáculos teatrais, “pensamentos giratórios” (mesa redonda), intervenções urbanas e oficinas de artes cênicas de todos os estados brasileiros. A abertura contará com uma exposição fotográfica de todas as edições do evento e apresentação do espetáculo “Nordeste, a dança do Brasil” do estado de Pernambuco, que inicia às 20h. Todos os ingressos serão trocados por alimentos não perecíveis que já tem destino certo, irão contribuir com o aumento das doações às Instituições Filantrópicas cadastradas no Programa Mesa Brasil.

Outro ponto culminante do Festival será o espetáculo de dança que faz parte do Circuito Especial do Palco Giratório, formado pelo grupo de Balé Popular do Recife (PE) que atua neste cenário cultural desde 1977, retratando em movimento a riqueza cultural que vem daquela região do país marcada por um intenso processo de hibridização. Danças típicas do Carnaval, de São João, do Natal e expressões de origem afro-ameríndia compõem o repertório dessa obra, que marcou a consolidação da linguagem original em dança criada pelo Balé, com base nas manifestações da cultura popular nordestina. Frevo, maracatu, caboclinhos, ciranda, xaxado e guerreiro são apenas alguns dos ritmos que fazem do espetáculo Nordeste – a dança do Brasil, o único a representar toda a força e alegria de um povo.

O Festival Palco Giratório circulará em Ji-Paraná de 13 a 20 de setembro, no Teatro Dominguinhos. E trilhará outros caminhos com espetáculos que percorrerão os municípios de Candeias, Ariquemes, Jaru, Machadinho D’Oeste, Ji-Paraná, Presidente Médici, Cacoal, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Vilhena, Guajára-Mirim e Nova Mamoré. Toda a programação está disponível no blog: sescro.blogspot.com.br ou na fanpage no Facebook: palcogiratórioro.

Toda a repercussão alcançada pelo Festival, que foi criado pelo Sesc Nacional, atualmente   consagra-se como uma das maiores expressões culturais do país, e há 17 anos circulando em âmbito nacional possibilita a movimentação das produções culturais nos Estados com a renovação do fazer cultural. E a cada versão fomenta cerca de 30 espetáculos, que abrangem mais de 154 cidades brasileiras com grupos selecionados, e em 2015 vem percorrendo o país desde o mês de março. No Sesc Rondônia em seu 7º ano consecutivo, o Palco Giratório destaca-se por ser o único Estado da região norte que realiza o projeto em formato de Festival.  “O Palco Giratório é o orgulho para o Sistema Fecomércio, que tem conquistado a cada edição uma proporção grandiosa. Começamos realizando-o no formato de mostra, concentrando apenas alguns espetáculos do portifólio. Hoje, conseguimos realizar a versão completa, como também estender alguns espetáculos a outros municípios”.  Afirmou Raniery Araujo Coelho, Presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-IFPE. 

Baixe toda a programação pelo link :
Palco Giratório 2015 

Sesc Partituras apresentará show instrumental com a Banda True Lapin e Di Stéffano

A partir desta quarta-feira, 26 de agosto, o Sistema Fecomércio através do Sesc estará promovendo mais uma edição do projeto “Sesc Partituras”, que irá comtemplar uma oficina de bateria e dois shows instrumentais. A programação será realizada nos dias 26, 27 e 28 de agosto, no Teatro 1 do Sesc Esplanada e conta com a participação do instrumentista Di Stéffano e a Banda True Lapin. Os shows acontecerão às 20h e terá entrada gratuita. 

 O Instrumentista Di Stéffano inicia a programação ministrando a oficina de “Bateria Brasileira” gratuita no Sesc Esplanada, das 14h às 18h de quarta-feira e se apresenta no dia 27. Di Stéffano, nasceu em Natal (RN), seu interesse pela música começou aos 09 anos e aos 10 passou a apresentar-se nas escolas e nos estádios. O músico hoje é compositor, produtor musical e baterista. Trabalha no mercado brasileiro e internacional, com grandes nomes da música popular e do jazz. Em seu repertório é possível identificar essa influência. 

Na sexta-feira a banda Rondoniense True Lapin apresenta o álbum ‘Esporádico’, no qual foi elaborado um trabalho rítmico que utiliza o samples (equipamento que armazena sons) e sintetizadores digitais, aproximando conceitos da música eletrônica com o rock e outras vertentes da música experimental. A banda que já participou de outros projetos do Sesc, hoje tem a sua formação com cinco integrantes, Lucas Biêni (guitarra/sintetizador), Ramon Alves (contrabaixo/notebook), Raony Ferreira (guitarra/sintetizador), Rinaldo Santos (guitarra/sintetizador) e Rodolfo Bártolo (bateria/percussão/teclado).

O Sesc Partituras é uma biblioteca digital sem fins lucrativos que visa preservar e difundir o patrimônio musical brasileiro, democratizando o seu acesso através da disponibilização de partituras digitalizadas e editoradas. Seu acervo contempla obras de compositores brasileiros de várias gerações, desde o período colonial até os dias de hoje.

Envelhecimento com qualidade de vida é tema de Fórum em Porto Velho


O Sistema Fecomércio através da Coordenação de Assistência do Sesc vem desenvolvendo várias atividades a fim de contribuir para o envelhecimento saudável da população. No período de 27 e 28 de agosto, o “Fórum Sobre o Envelhecimento”, contará com a participação de idosos, familiares, pesquisadores, coordenações, entidades não governamentais e secretarias municipal e estadual. O evento acontece no Teatro Estadual Palácio das Artes, na sala Guaporé em Porto Velho, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Na abertura do evento, o Grupo da 3ª Idade do Sesc apresentará um espetáculo teatral. 

As ações sociais oferecidas aos idosos pelo Sesc vão além de atividades culturais, lazer, esporte, assistência, saúde e educação. Foi pensando no crescimento desses serviços que a Instituição realizará mais uma edição do “Fórum sobre o Envelhecimento”, com o objetivo de orientar quanto a temática que envolve esse público. Os assuntos trabalhados nesse ano serão: Os direitos da pessoa idosa: Por um Brasil de todas Idades; As representações sociais no Brasil; A formação de Conselhos da pessoa idosa e Dignidade de Vida e qualidade no envelhecimento, que será ministrado pela palestrante Sandra Rabelo de Frias, gerontóloga titulada pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – SBGG, Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. Durante o Fórum o Grupo da 3ª Idade do Sesc apresentará uma atração de dança e teatro. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa vem crescendo a cada ano.  Entre 2002 e 2012 aumentou de 14,9 para 19,6 a razão de pessoas de 60 anos ou mais para cada grupo em idade potencialmente ativa. “Baseado na estatística populacional a expectativa é que estes números aumentem ainda mais. O Sistema Fecomércio promove atividades a fim de contribuir para um envelhecimento com dignidade e qualidade de vida” destaca o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, Raniery Araujo Coelho.

Os interessados poderão se inscrever no dia 27 de agosto, às 8h, no Teatro Estadual Palácio das Artes, com a Coordenação de Assistência do Sesc. Mais Informações: (69) 32296006 | Ramal: 211. 

Postagens populares (5 mais recentes)