quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Palco Giratório oferece duas oficinas nesta sexta-feira


Ter a oportunidade de aprender e trocar experiências com grupos de todo país é uma chance única para quem mora distante dos grandes centros culturais do país, caso de Rondônia. E o Festival Palco Giratório oferece essa chance a todos os interessados. Para participar das oficinas basta se inscrever gratuitamente na Central de Atendimentos do Sesc Esplanada e nesta sexta-feira serão duas oficinas.

Inspirações - Dramaturgia em espaços não convencionais com a Cia Cortejo (RJ)
Exercícios práticos de produção dramatúrgica em espaços não convencionais. A ideia é levantar possibilidades de criação de narrativa, personagens e circunstâncias cênicas a partir de uma relação com o espaço.
Horário: 9h às 12h; 14h às 17h
Local: Tapiri - O Imaginário
Endereço: Rua Franklin Tavares, 1353 - Pedrinhas

Oficina: O ator inventivo com o grupo De Pernas pro ar (RS)
Possibilitar experimentações com o corpo e a manipulação de objetos com liberdade de criação em busca da linguagem própria. Essa é a proposta desenvolvida pelo De Pernas Pro Ar, que há 26 anos vem misturando e borrando as fronteiras das artes em várias linguagens - como o circo, a música, o teatro de animação e o teatro de rua - com o objetivo de encontrar o ator inventivo.
Horário: 9h às 12h; 14h às 18h
Local: Teatro Estadual - Palácio das Artes (sala de ensaio)
Endereço: Av. Presidente Dutra, 4783 – Olaria
 
Pensamento Giratório com o NATA realizado terça-feira na Unir
Pensamento Giratório
O grupo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas – NATA (BA), encerrou nesta terça-feira (08), as participações do grupo no Pensamento Giratório, que promove um diálogo entre grupos e plateia. O encontro foi realizado na Unir Centro e reuniu acadêmicos e professores que discutiram o processo de criação do espetáculo “Exu, a boca do Universo”.

Durante o bate papo os participantes puderam saber mais sobre o surgimento do NATA e as linhas de pesquisa que o grupo faz.  Participar desses encontros redimensiona a experiência de assistir os espetáculos pois é possível tirar dúvidas que nem sempre são esclarecidas durante as apresentações.
 
Dança Contemporânea em Domício - Foto: Inês Correa
Intervenção urbana
Hoje a dançarina Claudia Müller (RJ) entrega Dança Contemporânea em Domicílio. O projeto propõe levar a arte a qualquer lugar onde seja a pessoa estiver. Seja no trabalho, escola ou residência. As apresentações são únicas para cada pessoa e a experiência é inovadora. As visitas acontecem hoje a tarde.
Exu, a boca do Universo com NATA (BA)

Apresentações
O Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas – NATA (BA) apresentou nesta quarta-feira o espetáculo Exú, a boca do Universo e lotou o Teatro Guaporé. Em cena são mostradas as várias facetas do Orixá Exu. Misturando música e poesia a história de Exu é contada de forma interativa com a plateia que participa desde o início da apresentação. Fernanda Julia, diretora do espetáculo, agradece a participação no Projeto Palco Giratório, principalmente por circular com uma história que muitos não conhecem e que faz parte da cultura brasileira.

Programação 09/09 (quinta-feira)
Espetáculo: Antes da Chuva
Cia Cortejo (RJ)
Horário: 20h
Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos
Entrada: Material de limpeza - ingressos disponíveis uma hora antes das apresentações
Local: Teatro Guaporé
Endereço: Av. Presidente Dutra, 4183 - Olaria

A programação do Palco Giratório continua até o dia 27 de setembro. Para assistir os espetáculos estão disponíveis ingressos para uma hora antes das apresentações e pode ser trocado por material de limpeza.

O Festival Palco Giratório é uma realização do Fecomércio Rondônia Sesc/Senac/IFPE com apoio do Governo do Estado de Rondônia, através da Sejucel e Funpar.
Acompanhe a programação pelo Facebook (https://www.facebook.com/palcogiratorioro), Instagram (@sescro)  e ainda pelo site Fecomércio (http://fecomercio-ro.com.br/) e blog do Sesc (http://sescro.blogspot.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)