sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Elisa Schmidt apresenta solo “Entre Terra” no Sesc Esplanada neste final de semana


Bailarina catarinense expressa no corpo a reflexão política sobre a violência social 

A Bailarina Elisa Schmidt encerra sua turnê em Porto Velho. O solo intitulado “Entre Terra” será apresentado nos dias 15 e 16 de novembro, no Teatro 1 do Sesc Esplanada, às 20h, com entrada gratuita. A performance já foi exibida em Manaus, Belém, Boa Vista e Palmas.

Com argila, tinta e pó a bailarina vai se transformando criando e recriando passando por várias mutações. Em “Entre terra”, Elisa vasculha rastros de obscuridade da violência social e as reinscreve em cena, propondo um intervalo à ordem sancionada. A ação consiste na revelação do trauma, das deformidades, expondo uma face sombria humana, recorrente em uma história de dominações totalitárias. O trabalho foi contemplado pelo edital Funarte Petrobras de dança Klauss Vianna 2012 e Prêmio Funarte de dança Klauss Vianna 2013.

Além das apresentações tem oficinas

Elisa Schmidt ministrará a oficina “Experiências em Desfiguração”. A proposta é explorar os territórios cruzados da dança, com a performance, as artes visuais e o teatro, através da investigação do contato da argila com o corpo e rosto. Os parâmetros de pesquisa envolvem identidade e ritual introduzidos por estratégias de composição de faces para o rosto e esculturas com o corpo. Cria-se uma atmosfera limiar entre a performatividade e o ritual, na qual a desfiguração desestabiliza a figura padrão do cidadão para fazê-lo experiência outras percepções e sentidos, como o tato. São somente 10 vagas disponíveis. Os interessados devem se inscrever na Central de Atendimento no Sesc até o dia 14 de novembro.

Elisa Schmidt

Elisa Schmidt nasceu Florianópolis/SC é atriz, diretora, coreógrafa, bailarina e pesquisadora. Elisa, mestra em Teatro pela Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc), estuda a desfiguração a partir das obras de Olivier De Sagazan (França). É formada em Artes Cênicas pela mesma instituição, com trabalho de conclusão de curso "Vestígios de Ana Mendieta: Identidade, Erotismo e Morte".Ministra aulas de máscara de argila para estudantes de Teatro na Udesc. É idealizadora da pesquisa interfaces desfigurativas (ID) em que se pesquisa transdisciplinaridades entre dança e artes visuais.

Ficha Técnica:
Concepção: Elisa Schmidt
Intérprete-criadora: Elisa Schmidt
Produção: Sarah Pusch
Produção Belém: Rafael Soareé
Sonoplastia: Taro Löcherbach
Cenário: Clara Fernandes
Iluminação: Ivo Godois.
Fotógrafo: Eneléo Alcides
Apoio: Cenarium Escola de Dança, UNIPOP, Casa da Linguagem e SESC
Pesquisa compartilhada: Ghel Nikaido, Olivier De Sagazan e Roberto Gorgati.


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Sesc Rondônia está com agenda cheia de programação musical nessa semana

Guitarrista, arranjador e compositor, Victor Castro | Foto: Divulgação 
Está tudo preparado para a realização de mais um projeto de música, Sesc Partituras. O evento será realizado durante dois dias e conta com a apresentação do violonista português Victor Castro nesta quarta-feira (12) e Aldenice Almeida que irá cantar e encantar nesta quinta-feira (13). Os shows acontecem no Teatro 1 do Sesc Esplanada, às 20h, com entrada gratuita limitada distribuída uma hora antes do show.

Guitarrista, arranjador e compositor, Victor Castro fará uma única apresentação em Porto Velho. O concerto será todo instrumental com repertório trabalhado no violão contemporâneo executando obras autorais e de compositores como: Paulo Bellinati, Roland Dyens, J. S. Bach, Joaquim Malats, Isaac Albéniz e Agustín Barrios Mangoré.

Victor tem dois CDs gravados pela Editora Açor (Portugal): “Victor Castro interpreta” Albeniz, Barrios, Mertz, Jonhson, Koshkin,(1999), e “Tradição Livre” (2001), arranjos de música tradicional da Ilha Terceira (Açores).  Já realizou concertos solo em Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Argentina e em vários estados do Brasil. Atualmente trabalha em seu 3º CD e uma série de livros com composições e arranjos seus pela Editora AvA Musical Editions, além de concertos solísticos e masterclass.

Na quinta-feira o Ciclo de Partituras conta com a presença da mineira e também rondoniense, Aldenice Almeida. Amante da literatura, influenciada pelo cenário de rio, mata e grandes músicos brasileiros como: Gilberto Gil, Clara Nunes, Marcelo Jeneci entre outros, descobriu o dom para música em curso de poesia que participou em 2012 no Sesc, estudou e se aperfeiçoou na escola de música Jorge Andrade, onde descobriu suas raízes no samba, Bossa e no jazz.
Show intitulado “Quem é você?”, retrata a voz, os pensamentos e as sensações da cantora. “Minhas composições conversa com o mundo e as pessoas. Provoca sensações e busca tocar a alma” Fala Aldenice Almeida, que informou que está preparando um CD só com músicas autorais que será lançado em 2015.

Ciclo de Partituras 
Trata-se de um projeto voltado para a música instrumental e erudita, que proporciona os trabalhos de identidade sonora que provém da busca pelos sons, da mistura de elementos e instrumentos, das múltiplas sonoridades. São todas músicas instrumentais e em sua maioria autorais em composições e trilhas, criadas por instrumentistas, em uma mistura orgânica. “O Sistema Fecomércio Sesc e Senac procura através de seus projetos incentivar e abrir espaço para as produções locais e nacionais desse gênero, oferecendo ao nosso público diferentes e linguagens musicais.” destaca o presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac, Raniery Araújo Coelho.

Sesc Escola está com as matrículas abertas


Acesse o link do cronograma completo: https://drive.google.com/file/d/0B4PFLFAh2VVxdGVXbUdkdHdWWFE/view

Postagens populares (5 mais recentes)