quarta-feira, 24 de setembro de 2014

“Labirinto” na programação do Festival Palco Giratório desta quarta-feira

"Labirinto" da Alfândega 88, em cartaz hoje
Foto: Guga Melgar

"Labirinto", espetáculo teatral idealizado e dirigido por Moacir Chaves, é o primeiro realizado com sua companhia de teatro – Alfândega 88 -, com textos do consagrado autor gaúcho José Joaquim de Campos Leão – Qorpo Santo: Hoje sou um, e amanhã outro. As relações naturais e a separação de dois esposos. Gênio visionário, o autor antevê em décadas questões formais que só encontrariam sua expressão máxima na dramaturgia que veio a ser conhecida, em meados do século 20, como o Teatro do Absurdo. Sua obra antecipa questões de forte cunho humano e social, como liberdade sexual, direito ao prazer, emancipação feminina, dentre várias outras que, assustadoramente, permanecem contundentes e atualíssimas.

Uma flor de dama
O Teatro 1 do Sesc Esplanada ficou lotado para receber o espetáculo apresentado nesta terça-feira, 23, pelo Coletivo Artístico As Travestidas (CE). O monólogo "Uma flor de dama" mostrou as dificuldades do personagem vivido por Silvero Pereira, que traduz a realidade de muitos travestis. Ao apagar das luzes de boates, onde reina o glamour, muitos precisam ir às ruas se prostituir. Numa mesa de bar, bebendo uma cerveja quente, foram expostas todas as dores e o preconceito de uma vida cheia de obstáculos. Em cinquenta minutos são abordados temas como prostituição, abuso sexual, pedofilia, fé, preconceito e abandono.
"Uma flor de dama" do Coletivo Artístico "As Travestidas"
Foto: Leonardo Valério

O monólogo foi criado há doze anos e já está com aproximadamente 600 apresentações. A dramaturgia baseada no conto "Dama da noite" do escritor Caio Fernando Abreu, com adaptação de Silvero Pereira, é uma mistura de ficção e realidade, já que ao texto estão incorporados relatos de personagens reais, incluindo a do próprio ator.
"Uma flor de dama" Coletivo Artístico "As Travestidas"
Foto: Leonardo Valério
Após o espetáculo em conversa com a plateia, integrantes do Coletivo falaram sobre o trabalho desenvolvido no Ceará e como a arte mudou a vida de muitos. O convite para participar da circulação no Festival Palco Giratório leva esse trabalho a estados onde não seria possível sem esse apoio. Silvero Pereira ressalta a seriedade do projeto. "O Palco Giratório é um projeto muito importante para o país todo, uma contribuição gigantesca para as pessoas que trabalham com arte, para o público em geral que consegue ter uma dimensão do trabalho artístico teatral realizado no país".
"Uma flor de dama" - Coletivo Artístico As Travestidas
Foto: Leonardo Valério


Oficinas
Encerra nesta quinta-feira a programação de oficinas promovidas durante o Festival Palco Giratório. “Iniciação a palhaçaria” com palhaça Barrica (SC) tem como objetivo realizar uma iniciação à linguagem do palhaço /clown, estabelecendo um diálogo entre teoria e prática a fim de descobrir a comicidade individual e a propensão ao riso. Através de jogos e técnicas clownescas propõe uma forma diferenciada de se relacionar com o corpo na cena e com a máscara, o nariz de palhaço. A oficina é gratuita e todos os interessados a partir de 16 anos podem participar.

Programação
Data: 24/09
Espetáculo: Labirinto (Teatro adulto)
Grupo: Alfândega 88 (RJ)
Local: Teatro 1 Sesc – Av. Pres. Dutra, 4175 - Olaria
Hora: 20h
Duração: 90 minutos
Classificação: 14 anos

Data: 25/09
Oficina: Iniciação à palhaçaria
Grupo: Palhaça Barrica (SC)
Local: Tapiri - O Imaginário - Rua Franklin Tavares, 1349 Bairro Pedrinhas
Hora: 09h às 13h

Data: 25/09
Espetáculo: O Controlador de Tráfego Aéreo (Teatro adulto)
Grupo: Alfândega 88 (RJ)
Local: Teatro 1 Sesc – Av. Pres. Dutra, 4175 - Olaria
Hora: 20h
Duração: 70 minutos
Classificação: Livre
Número de lugares limitados: Serão distribuídos 60 convites.
A programação do Palco Giratório continua até o dia 28 de setembro, com entrada gratuita. A retirada de ingressos tem início uma hora antes do espetáculo.

Acompanhe também pelo Facebook (https://www.facebook.com/palcogiratorioro) e Instagram (@sescro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)