quarta-feira, 2 de abril de 2014

“A Feiticeira” entra em temporada no Teatro 1

O grupo Movimento, Arte, Pesquisa e Investigação Teatral, o MAPI, entra em temporada neste mês de abril com a peça “A Feiticeira” no Teatro 1 do Sesc Esplanada em Porto Velho. O espetáculo será apresentado sempre às quartas-feiras às 20 horas. A entrada é gratuita, mas o Sesc estará recebendo doações de alimentos não perecíveis para os desabrigados pela enchente do Rio Madeira.

O evento faz parte do projeto “Teatro em Cartaz” do Sesc em Rondônia, que além oferecer ao público apresentações artísticas, também estimula e valoriza as produções locais. “Durante um mês, o grupo que é selecionado através de edital, tem a oportunidade de divulgar seu trabalho aqui no Sesc. A Feiticeira será apresentada nos dias 02, 09, 16, 23 e 30 de abril” destacou o coordenador de cultura do Sesc, Fabiano Barros.

O espetáculo é um monólogo e conta a história de uma mulher que, ao ajudar as pessoas com ervas medicinais, acaba sendo julgada e morta. Como um espírito errante, tenta contar como foi a experiência e suas desventuras.  A peça foi inspirada no “O Retábulo da Peste”, do dramaturgo e cineasta sueco Ernst Ingmar Bergman. A personagem será interpretada pela atriz Thaís Thaianara. A direção é de Elcias Villar.

Sobre o MAPI


O grupo foi formando em 2011. “O Pastelão e a Torta” foi o primeiro trabalho apresentado pelo MAPI, através do projeto Teatro em Cartaz do Sesc em 2012. Já trabalharam com o “Juiz de Paz da Roça”, “Mapim e Curupira em: O caso do Saco Plástico” e também apresentaram o espetáculo infantil “Dindo e Tonton” no Palco Giratório do ano passado. Em 2013 estrearam a peça “A Feiticeira” no projeto “Terças e Quintas Cênicas” da Unir.

Jornalista responsável: Renata Vannier DRT 965/RO
Sesc Rondônia (69) 3229-6006 / ramais 208 e 220
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)