sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Cheia do Madeira: Sesc é ponto de arrecadação de donativos

O Sesc em Rondônia começou a receber doações de alimentos não perecíveis, água, material de limpeza e de higiene pessoal para a campanha de arrecadação da Defesa Civil, que está à frente da captação e distribuição dos donativos aos atingidos pela cheia do Madeira. Todos os materiais poderão ser deixados nas recepções das unidades do Sesc em Porto Velho (Centro, Campestre e Esplanada).

“O Sistema, sempre com esse caráter social, já ajudou várias vítimas de desastres naturais em outros Estados. Com a nossa população não será diferente. Já estamos nos mobilizando e com certeza o resultado será positivo” salientou o presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac, Raniery Araújo Coelho.

De acordo com informações do Grupo de Gestão Integrada, que está realizando o monitoramento das alagações no Estado, cerca de 1300 famílias já teriam sido atingidas pelas alagações, o que resultaria em torno de cerca de 6 mil desalojados ou desabrigados, tomando por base de que uma família possua 5 pessoas. Esses números devem crescer, assim como o nível do Rio, que já registrou 17,93 metros acima do normal (dados da última quinta-feira, 20).

Com esses números, a cheia do Rio Madeira já alcança nível de gravidade 2. Rondônia estará recendo por esses dias o reforço de 40 bombeiros da Força Nacional. Segundo o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), as cotas históricas do Rio Madeira sempre foram registradas no mês de março. A previsão para a vazante do Rio é para o mês de abril. Ainda segundo o Sipam, a elevação da cota do Madeira se deve aos temporais no Sul do Peru e na Bolívia.


Jornalista responsável: Renata Vannier DRT 965/RO
Sesc Rondônia (69) 3229-6006 / ramais 208 e 220
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)