quarta-feira, 11 de setembro de 2013

PALCO GIRATÓRIO: Em maratona de espetáculos, público portovelhense comparece em peso ao teatro


Durante este final de semana, o público de Porto Velho compareceu em peso à maratona de espetáculos apresentadas durante o Palco Giratório. Foram cinco espetáculos e duas subestações realizadas durante o sábado (7) e domingo (8). Em seu retorno à capital, onde ministrou a oficina “A cena da narrativa” para artistas locais e apresentou os espetáculos “A nova ordem das coisas” e “Amor confesso”, a Cia Falácia (RJ) fez questão de registrar a grandiosidade do Palco Giratório, projeto de circulação nacional, e a participação do público, que cresce a cada ano.

“O fato de um projeto juntar 18 companhias de todos os cantos do Brasil mostra que é algo fantástico. Isso nenhuma empresa privada ou órgão público consegue fazer”, conta entusiasmado o ator Alexandre Dantas.

Pela terceira vez em Porto Velho e quinta participação no circuito nacional do Palco Giratório, Alexandre conta que fica fascinado ao se apresentar para um público tão caloroso quanto os portovelhenses. “Nosso trabalho só faz sentido quando vocês comparecem”, afirma.
A atriz Cláudia Ventura, que também dirige uma das montagens, sentiu o aumento do público em relação às participações anteriores. “Foi gratificante receber a notícia da produção do Sesc Rondônia, que, antes mesmo de começar a primeira apresentação, já tinha a segunda sessão fechada”, comenta ela, que, pela segunda vez em Porto Velho, afirma ter se surpreendido com a evolução do festival e do público, que tem comparecido cada vez mais ao teatro.

Edna Samáira, 27 anos, é frequentadora assídua do Palco Giratório desde sua primeira edição, em 2008. Ela atesta o crescimento do público em eventos culturais, principalmente no festival. “Agora é comum que muitos espetáculos tenham segundas sessões. Antigamente só lotava dessa forma a partir da segunda quinzena do mês. Acho que isso deve-se ao boca-a-boca do povo que compareceu as primeiras vezes, viu que toda a programação era gratuita e com espetáculos de qualidade e espalhou; e também a estratégia de comunicação montada pelo Sesc Rondônia, que atualmente vai além do outdoor e programação no site”, diz.

Outra companhia que destacou o trabalho do Palco Giratório foi o Grupo de Teatro Cirquinho do Revirado, de Santa Catarina, que apresentou o espetáculo Júlia no Anfiteatro da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré no domingo. “É muito difícil fazer arte no Brasil. Quando que nós, vindos de tão longe, íamos conseguir nos apresentar aqui, para vocês? E isso o Sesc, através do Palco Giratório proporciona para nós”, disse a atriz Yonara Marques ao final da apresentação, que encantou o púbico, que permaneceu mesmo de baixo de chuva.

Mais informações
Para conferir toda a programação dos espetáculos, oficinas para artistas e participar dos sorteios de kits, acessem a página do Palco Giratório no Facebook www.facebook.com/palcogiratorioro e sigam o Sesc no Instagram www.instagram.com/sescro. Acesse também www.sescro.blogspot.com.br

Sobre o festival

Pelo 5° ano consecutivo, Rondônia, o único estado da Região Norte que realiza o evento em formato de Festival, recebe o maior evento das artes cênicas do país. Entre os dias 1 e 29 de setembro, o público vai prestigiar uma programação múltipla de espetáculos de diferentes linguagens artísticas, como circo, dança e teatro. O evento é gratuito e aberto para toda a comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)