quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Espetáculo 'Leve' e Sub-estação TRANS movimentam a noite do Palco Giratório 2011

Leve
A noite começou com o  espetáculo de dança, "Leve", que também pode ser visto como uma instalação que propõe um ambiente místico e intimista. "Leve", do Coletivo Lugar Comum (PE) fala essencialmente de perda, ou perdas, com as quais temos que lidar diariamente. 

Na trilha sonora, algumas faixas da cantora Isaar e no texto brevemente dito pelas dançarinas encontramos "Presença" de Mário Quintana:

É preciso que a saudade desenhe tuas linhas perfeitas,
teu perfil exato e que, apenas, levemente, o vento
das horas ponha um frêmito em teus cabelos...
É preciso que a tua ausência trescale
sutilmente, no ar, a trevo machucado,
as folhas de alecrim desde há muito guardadas
não se sabe por quem nalgum móvel antigo...
Mas é preciso, também, que seja como abrir uma janela
e respirar-te, azul e luminosa, no ar.
É preciso a saudade para eu sentir
como sinto - em mim - a presença misteriosa da vida...
Mas quando surges és tão outra e múltipla e imprevista
que nunca te pareces com o teu retrato...
E eu tenho de fechar meus olhos para ver-te.

Performance "Trans" no Sub-Estação
E continuando a noite, a programação da Sub-Estação da quinta-feira contou com a apresentação da performance "Trans", pela Cia Cacos de Teatro (AM). A montagem tem como elemento norteador a crítica à transformação, a mut(il)ação do corpo em busca da beleza ideal e os paradigmas estéticos da atual sociedade, como ilustra a figura da boneca, convidada a ser quebrada pelo público, com instrumentos como martelos, serrotes, isqueiros, e outros. No plano real, a atriz usa aparelhos correcionais de postura, sapatos de salto alto, aparelhos ortodônticos e óleo de máquina para, de fato, desconstruir sua própria imagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)