quinta-feira, 16 de junho de 2011

LANÇAMENTO DA 3ª EDIÇÃO DO PROGRAMA RUMOS EDUCAÇÃO, CULTURA E ARTE EM RONDÔNIA



A terceira edição do Rumo Educação, Cultura e Arte leva a 17 cidades de todo o Brasil a Aula-Espetáculo Mátria, uma Outra Linha do Tempo Cultural, o músico e dançarino Antônio Nóbrega. O evento que é uma parceria do Itaú Cultural com o SESC Rondônia está marcado para este sábado no Teatro 1 do SESC Esplanada às 20h30.

A aula-espetáculo trata-se é uma mistura com canções, danças e peças instrumentais entremeadas por considerações sobre uma linha de tempo cultural brasileira de prevalência não européia e de extração popular. Seus conteúdos e significados e seu diálogo com a linha de tempo da cultura ocidental de base européia.
As peças que serão apresentadas vão desde obras da tradição oral (criadas e continuamente recriadas pelo autor-legião ao longo dos séculos) a obras autorais, como sambas de Nelson Cavaquinho e Candeias, canções de Caymmi e do próprio Antonio Nóbrega, peças coreográficas sobre música de Bach, etc.
A aula -espetáculo, tanto em sua forma quanto em seu conteúdo, procura harmonizar o discurso com a performance, o conceito com a emoção. Ou seja o próprio conteúdo da aula-espetáculo se traduz também na maneira como esse conteúdo é apresentado.
Dentro desse contexto, Nóbrega associa esse jogo de polaridades a duas vertentes civilizatórias: uma de tessitura prevalentemente masculina (o discurso, conceito), representada pela tradição ocidental de base européia e de ascendência greco-latina e judaico-cristã e outra de prevalência feminina (o sensível, o emocional) de filiação extra-européia e de maior presença no hemisfério sul. Essas polaridades se exteriorizam tanto através do universo simbólico, dentro do qual está a arte, quanto através das esferas sócio-econômicas. Nesse jogo das polaridades o sistema mundo em que vivemos é predominantemente de tessitura masculina, daí a necessidade, segundo Nóbrega, de levarmos em conta os valores e conteúdos presentes numa outra linha de tempo cultural. onde os valores do princípio feminino são mais operantes. Mas, como ele diz, não se trata de sobrepor o princípio feminino ao masculino, mas sim de buscarmos o equilíbrio entre ambos, incorporando à nossa sociedade contemporânea o melhor das duas tradições em vista de um futuro esperançoso para a humanidade e para o planeta Terra."

Entrada: Franca
(Ingressos distribuídos com uma hora de antecedência 250 lugares)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog do Sesc Rondônia tem por prioridade divulgar as ações e processos da instituição dando respostas a respeito da programação de eventos e outros, não sendo o canal administrativo para o recebimento de reclamações oficiais, reservando-se ao direito de não publicar mensagens que em sua essência contenham mensagens de cunho injurioso ou com linguagem depreciativa. Os usuários ou outros que desejarem fazer reclamações formais ao Sesc poderão entrar em contato com a administração regional em Porto Velho/RO e encaminhar suas considerações.

Postagens populares (5 mais recentes)